Sequestrador de ônibus é transferido para Cadeia Pública no Rio de Janeiro

Paulo Sérgio de Lima, o sequestrador do ônibus da Viação Sampaio, foi transferido nesta quarta-feira (13) da 4ª Delegacia Policial (DP), localizada no Centro do Rio de Janeiro, para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte da capital. Sua permanência será até a audiência de custódia.

Lima é o responsável pelo sequestro do ônibus que partiria ontem (12), às 14h30, da Rodoviária do Rio com destino a Juiz de Fora, durante o qual manteve 16 pessoas como reféns por três horas. Durante o incidente, ele atirou em Bruno Lima da Costa, funcionário da Petrobras, ferindo-o no tórax e no abdômen.

Bruno foi transferido do Hospital Municipal Souza Aguiar, onde foi operado no dia anterior, para o Instituto Nacional de Cardiologia (INC), um hospital de referência para cirurgias cardíacas de alta complexidade vinculado ao Ministério da Saúde. Seu estado de saúde ainda é considerado grave.

A investigação conduzida pelo delegado Mário Andrade, da 4ª DP, tem o objetivo de esclarecer se o sequestrador realmente pertence ao Comando Vermelho, conforme informou à polícia, alegando que estava fugindo porque havia sido descoberto pelo tráfico.