Mobilidade urbana é tema de encontro na Guardinha

A Associação de Educação Homem de Amanhã, conhecida como “Guardinha”, entidade dirigida por membros do Rotary Club Jundiaí, tem a formação social como uma das bases para as atividades desenvolvidas com os jovens que participam dos programas oferecidos. Com esse viés, a mobilidade urbana é tema de uma série de encontros entre representantes da Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) com os estudantes, para apresentação do Plano de Mobilidade municipal e construção conjunta de propostas para a melhoria do trânsito e transporte na cidade.

Os encontros, que seguem até a próxima semana, são resultado de construção da Rede Jundiaí de Cooperação com a entidade, após visita do prefeito Luiz Fernando Machado e do gestor de Governo e Finanças, José Antônio Parimoschi, à instituição e a identificação do interesse pelo tema entre os jovens. “Jundiaí é a Cidade das Crianças, por isso, é uma cidade para todos. Os jovens estão iniciando a carreira profissional. Estimular a participação na construção de propostas e políticas públicas garante uma sociedade melhor”, reforça o gestor.

Representantes da prefeitura falam sobre mobilidade urbana

Com o título “Mobilidade Urbana e Seus Desafios” a palestra, apresentada pelo Diretor de Transporte Público, Leslie Tealdi, teve por objetivo explicar aos estudantes sobre o Plano de Mobilidade Urbana da cidade e deixar um espaço livre para que eles tirassem dúvidas e apresentassem ideias para melhoria do transporte coletivo do município.

“A conscientização dos aprendizes com uma educação eficaz para o trânsito, explicar o funcionamento do transporte público, mostrar as dificuldades encontradas no dia a dia e deixar que eles apresentem propostas para a melhoria do serviço são essenciais, pois eles serão os futuros motoristas, pedestres e ciclistas”, avalia o Diretor de Transporte Público, Leslie Tealdi.

A questão do transporte público foi abordada de forma mais ampla, pois a maioria dos jovens utiliza os ônibus como o principal meio de transporte. Foram apresentadas a eles alguns tópicos do Plano de Mobilidade Urbana do Município, como a revitalização dos 7 terminais urbanos de ônibus e a construção de um novo terminal localizado no Jardim Novo Horizonte, no Vetor Oeste, em uma área de 12 mil metros quadrados. Dentre as novidades, o novo terminal terá iluminação natural, placas de energia fotovoltaicas e o Jardim de Chuva, voltado para a utilização das águas de reuso. Outros investimentos também foram citados como o Trem Intercidades (TIC), trem exclusivo para o transporte de passageiros que ligará a cidade de São Paulo a Campinas passando por Jundiaí.

A Bianca Almeida de 17 anos é uma das aprendizes que participou do primeiro encontro. Funcionária da Fluit Brasil, achou muito importante os esclarecimentos que ela obteve sobre o transporte público. “Gostei bastante porque a gente não tinha noção de como funcionava as empresas de ônibus da cidade e com esses esclarecimentos e a preocupação da prefeitura com a gente podemos ficar tranquilos”, disse a aprendiz.

“Essa interação entre a Guardinha e a Prefeitura de Jundiaí, beneficia muito os nossos aprendizes. Eles começam a entender como é o trabalho do funcionário público. Entendendo isso eles criam uma empatia e uma conscientização maior. Nós não queremos formar só ótimos profissionais, mas acima de tudo, ótimos cidadãos”, explica o Presidente da Associação de Educação do Homem de Amanhã de Jundiaí, Paulo Barros D’Abreu.

Fundada em 1979, há 45 anos, mais de 14 mil jovens a partir dos 14 anos já foram formados, a maioria adolescentes em risco de vulnerabilidade e risco social. Na instituição eles recebem acompanhamento por profissionais de educação e de diversas áreas, visando prepará-los para o mercado de trabalho.