Furto de cabos prejudica operação da Linha 7-Rubi da CPTM

Uma tentativa de furto de cabos prejudicou a operação dos trens da Linha 7-Rubi nesta terça-feira, 06 de fevereiro.

Entre 10h35 e 13h10, os trens circularam por via única entre as estaões Vila Aurora e Perus, devido à necessidade de reparos após falha de sinalização.

A situação já foi normalizada.

Confira nota da CPTM sobre o caso:

“Das 10h35 às 13h10 desta terça-feira (06/02), a circulação aconteceu em via única entre as Estações Vila Aurora e Perus, devido à necessidade de reparos após falha de sinalização causada por tentativa de furto de cabos de sinalização. A Operação adotou estratégias para o horário de pico, que transcorreu sem interferência do intervalo programado para o horário. Durante a atuação das equipes de manutenção e para reduzir o impacto aos passageiros com a interdição da via, os trens que saíram de Rio Grande da Serra intercalaram o destino entre Vila Aurora ou Jundiaí.

O furto de cabos não se concretizou devido a intervenção da equipe de segurança da CPTM, que localizou e encaminhou três indivíduos ao 87º DP para registro de boletim de ocorrência. Foram danificados os cabos de sinalização que geram ocupação de via provocando restrição de velocidade no trecho, além de provocar fuga de corrente da alimentação elétrica dos trens.

A CPTM lembra que muitas falhas, que prejudicam milhares de passageiros, ocorrem por vandalismo ou furto de cabos e outros equipamentos fundamentais para a circulação dos trens pelos 196km de vias. A companhia tem adotado medidas para intensificar a segurança em sua extensão, coibindo estes tipos de crimes, como a inauguração da Central de Monitoramento da Segurança Patrimonial, a aquisição de 160 bodycams, além da parceria com a Polícia Militar (desde 2019) para atuação da Dejem em trens e estações.”