18.4 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024

Campinas: Terminal Mercado será fechado provisoriamente e linhas atenderão usuários no entorno

A partir de segunda-feira, 26 de fevereiro, o Terminal Mercado I será temporariamente fechado para possibilitar a continuidade das obras de revitalização. Sete linhas municipais que operavam dentro do terminal terão seu embarque e desembarque relocados para pontos nas vias Álvares Machado e Bernardino de Campos. As linhas afetadas são: 251 (Parque Fazendinha), 252 (Parque São Jorge), 256 (Parque Fazendinha / semiexpressa), 257 (Parque São Jorge), 261 (Padre Anchieta I), 263 (Terminal Padre Anchieta) e 265 (Padre Anchieta).

Adicionalmente, duas linhas que anteriormente atendiam na avenida Benjamin Constant, próxima ao Terminal Mercado, serão remanejadas – 254 (Parque Universal) e 255 (Parque Via Norte). As oito linhas do Corujão terão seu ponto inicial / final transferido para o Terminal Central: 179 (Jardim São Domingos), 199 (Vida Nova), 289 (Itajaí IV), 299 (Nova Aparecida), 309 (Parque Cidade), 339 (Cidade Universitária), 399 (Joaquim Egídio) e 489 (Parque Jambeiro).

Durante o fechamento do terminal, o atendimento no guichê da Transurc, assim como os acessos à lanchonete e sanitários, serão mantidos. Novos pontos de parada provisórios serão devidamente sinalizados com placas.

O encerramento temporário do terminal é motivado pela etapa de pavimentação dos acessos, necessitando da cura do concreto. Para informar os usuários, faixas foram afixadas no terminal, e folhetos informativos serão distribuídos. Agentes da mobilidade urbana estarão presentes no terminal por uma semana para orientar condutores e usuários sobre a realocação das linhas.

No entanto, algumas linhas continuarão a manter seu atendimento no antigo ponto de táxi na avenida Benjamin Constant. Juntas, as nove linhas que serão remanejadas transportaram, em média, 13,3 mil passageiros em dias úteis no mês de janeiro de 2024.

As obras de revitalização do Terminal Mercado, integrando as celebrações dos 250 anos de Campinas, foram iniciadas em novembro de 2023, com previsão de conclusão em 120 dias. O investimento total será de R$ 1,4 milhão, custeado pela Construtora Patriani como contrapartida. A gestão da obra é da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). As melhorias incluem duas entradas com bilheterias, ampliação e nova cobertura nas plataformas, novos banheiros acessíveis e um Espaço Família. A infraestrutura existente, incluindo banheiros, área operacional, e o piso, será renovada, além de reformas na parte elétrica, hidráulica, drenagem, esgoto, paisagismo e comunicação visual.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS