26.3 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024

Campinas extingue seis linhas radiais do Campo Grande

A partir da próxima sexta-feira, dia 1º de março, seis linhas radiais (bairro/Centro) do Campo Grande serão descontinuadas. As linhas afetadas são a 221 (Satélite Íris IV), 222 (Jardim Florence), 223 (Satélite Íris III), 224 (Residencial Sírius/Corredor Central), 225 (Residencial Sírius II) e 229 (Jardim Florence II). A operação da linha 228 (Princesa D’Oeste) será mantida, dada sua abrangência nas regiões da Vila Perseu e Jardim do Lago.

A decisão foi motivada pela notável adesão dos usuários ao sistema BRT Campo Grande e às linhas alimentadoras do Satélite Íris. A Emdec, responsável pelo transporte público, alega que esta medida é mais um passo em direção a um sistema de transporte coletivo mais eficiente.

Desde outubro de 2023, os passageiros dessas linhas contam com as alimentadoras, que possuem trajetos equivalentes e intervalos menores nos bairros. As alimentadoras incluem as linhas 227 (Jardim Florence II), 232 (Jardim Rossin), 233 (Jardim Florence I), 234 (Satélite Íris III), 235 (Residencial Sirius) e 243 (Princesa D’Oeste), além da 226 (Residencial Sirius/Terminal Satélite Íris), que já existia. Os usuários utilizam essas alimentadoras para acessar o Terminal Satélite Íris e integram gratuitamente com uma das linhas BRT (BRT20, BRT21, BRT25 e BRT26) para um deslocamento mais ágil pelo corredor exclusivo.

O presidente da Emdec, Vinicius Riverete, explicou: “Encaramos o desafio inicial de criar as novas linhas BRT antes de finalizar a licitação do transporte e optamos por manter a circulação das linhas radiais, incentivando que os usuários experimentassem o BRT. Isso vem ocorrendo e, cada vez mais, os passageiros escolhem as linhas BRT. Por isso, e com base na demanda, entendemos que a operação do BRT Campo Grande alcançou maturidade para a extinção das radiais”.

Linhas radiais (bairro/Centro) tiveram redução na demanda

As seis linhas radiais (bairro/Centro) do Campo Grande apresentaram redução gradativa na demanda de usuários. Antes da atual operação do BRT, em setembro de 2023, elas transportaram em média de 18,2 mil passageiros em dias úteis. Em outubro, foram 15,8 mil passageiros transportados – uma redução de quase 13,3%. E na primeira quinzena de fevereiro, foram em média 3,4 mil passageiros transportados por dia – uma redução de 81% em relação ao mês de setembro.

Ainda que o mês de fevereiro seja atípico, por conta do recesso escolar, a redução gradativa atesta a queda na demanda. Já as alimentadoras do Satélite Íris somaram em média 8,6 mil passageiros transportados em novembro e cerca de 12,4 mil passageiros transportados por dia, na primeira quinzena de fevereiro. 

Linha BRT25 terá mais um ônibus na frota

Também a partir de 1º de março, a linha BRT25 (Satélite Íris) terá mais um ônibus circulando em dias úteis. Agora, serão, ao todo, nove veículos circulando nos horários de pico, com intervalos de nove minutos.

A BRT25 parte do Satélite Íris, atendendo as 10 estações do BRT Campo Grande a partir deste ponto e chega até o Terminal BRT Mercado, atendendo ao Terminal Central e Corredor Central (Rótula).

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS