20.4 C
São Paulo
sexta-feira, abril 12, 2024

Ônibus elétricos da BYD completam quatro anos de operação na cidade de São Paulo

A BYD (Build Your Dreams), maior fabricante de veículos elétricos no mundo, completou quatro anos de operação com 18 ônibus elétricos em circulação em São Paulo, cidade que tem a maior frota sustentável do país. Os ônibus chassis BYD D9W são operados pela concessionária Transwolff e fazem a linha 6030-10 Unisa Campus 1 – Terminal Santo Amaro, na Zona Sul paulista. Ao longo desses quatro anos, a operação tem sido um sucesso. 

Os ônibus elétricos BYD D9W são econômicos e apresentam custo operacional até 70% menor que um ônibus a diesel convencional. De novembro de 2019, quando os ônibus elétricos da BYD passaram a circular em São Paulo, a novembro de 2023, a operação da frota deixou de emitir 15.768 toneladas de CO2, o que equivalente ao plantio de 112.536 ávores. Os veículos percorreram no período 3,4 milhões de quilômetros e transportaram 10,5 milhões de passageiros.

Os ônibus elétricos representam enorme benefício à saúde da população e aos planos ambientais na mobilidade das cidades, contribuindo para a redução de poluentes e de gases causadores do efeito estufa. A cidade de São Paulo planeja ampliar para 20% da frota a eletrificação de ônibus. A BYD se orgulha de ter iniciado esse processo na maior metrópole da América Latina.

“O Brasil tem evoluído na discussão sobre mobilidade elétrica e São Paulo está em nível avançado com a maior frota. Os ônibus elétricos da BYD têm apresentado resultados extremamente positivos, com maior economia de custos com manutenção e menor gastos com combustíveis, afirma o diretor da divisão de ônibus BYD Brasil, Bruno Paiva. 

 Os 18 ônibus elétricos da BYD que circulam em São Paulo possuem 250 quilômetros de autonomia, o que permite que ele rode o dia inteiro. À noite, quando retornam para a garagem é feita a recarga nas baterias. Os veículos são totalmente acessíveis, com piso baixo e oferecem total conforto e comodidade aos passageiros como ar condicionado, Wi-Fi e tomadas USB.

A bateria de ferro-lítio adotada pela BYD é a única bateria que, em contato com o oxigênio, não explode e não pega fogo. Outra vantagem da bateria de ferro-lítio é que ela será usada 15 anos nos ônibus e depois ainda poderá ser utilizada em sistemas de armazenamento de energia. O descarte é outro diferencial, pois este tipo de bateria não possui metais pesados em sua composição.

Vantagens ambientais dos veículos elétricos

  • Os ônibus 100% elétricos são grandes aliados na redução de poluentes locais e de gases que causam efeito estufa, além de baixa emissão de ruídos.
  • Cada ônibus elétrico, de 13 metros, em circulação representa em média a redução de gases equivalente ao plantio de 750 árvores por ano. Um ônibus articulado pode chegar a mais de 1.300 árvores por ano.
  • O BYD D9W usa bateria de ferro-lítio que dura até 10 anos e não possui metais pesados na composição.
  • Para abastecer um ônibus à bateria, gasta-se seis vezes menos do que um ônibus movido à combustão.
  • A vida útil dos ônibus elétricos chega a 15 anos, enquanto os ônibus à diesel rodam, em média, 5 anos. No máximo, conseguem chegar a 10 anos de circulação pelas grandes cidades.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Igor Roberto
    Igor Robertohttps://noticiando.net/
    Paulistano, empreendedor e pai. Formado em gestão pública e graduando em Direito. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana e o transporte público. É o redator de conteúdo dos sites de mobilidade do Grupo PLN. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@grupopln.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS