Linha 15-Prata terá operação parcial neste fim de semana, dias 21 e 22

Para a realização de serviços de manutenção programada e melhorias, a operação da Linha 15-Prata do Metrô terá alterações neste final de semana. No sábado (21/10), durante toda a operação comercial, e no domingo (22/10), das 4h40 às 18h, os trens do monotrilho irão circular somente no trecho entre as estações Vila União e Jardim Colonial. Já entre as estações Vila Prudente e Vila União, o atendimento aos passageiros será realizado por ônibus gratuitos do sistema Paese.    

No sábado, serão 24 ônibus articulados do Paese atendendo aos passageiros, a partir das 4h e até à meia-noite, no percurso entre as estações Vila Prudente e Vila União. No domingo, serão 14 ônibus articulados cumprindo o mesmo trajeto, das 4h às 18h. A transferência gratuita entre as linhas 15-Prata e 2-Verde poderá ser feita normalmente. Os passageiros que utilizarem o Paese receberão uma senha nas estações Vila Prudente e Vila União para ingressarem respectivamente na Linha 15-Prata ou na Linha 2-Verde sem pagar novamente.  

No trecho paralisado, serão realizadas intervenções preventivas nos track-switches, equipamentos eletromecânicos que fazem os trens mudarem de via, com a movimentação das vigas por onde as composições circulam. As atividades serão executadas em parceria com a empresa Alstom (que compõe o Consórcio construtor do sistema monotrilho) que divide as tarefas de manutenção da via com o Metrô. Também serão implantadas melhorias nestes equipamentos para reduzir a necessidade de intervenções em manutenções futuras.   

Para informar sobre esta estratégia, o Metrô publicará informativos nas redes sociais. Os passageiros também serão informados sobre esta alteração por meio de mensagens sonoras e cartazes que serão fixados nas estações. Para mais informações, a Central de Informações do Metrô pode ser contatada diariamente das 5h à meia-noite, pelo telefone 0800-770-7722. 

Track Switch   

É o aparelho de mudança de via do monotrilho. Funciona por meio de um conjunto eletromecânico que movimenta as vigas, permitindo que o trem mude de via. Ao longo de toda a Linha 15-Prata, são nove desses conjuntos, que fazem o trem manobrar para poder seguir no sentido oposto.   

No trecho do track switch, a viga é constituída de chapas de aço estruturadas, em formato parecido com as demais vigas que são de concreto. Esse material é usado para deixá-la menos pesada e permitir sua movimentação rápida. O conjunto também conta com uma extremidade livre fixa, que é uma espécie de chapa de aço que se conecta à viga fixa, para que não haja um vão entre elas. O funcionamento de todo esse conjunto deve ser preciso, demandando manutenções programadas para garantir a boa circulação dos trens.   

Nas linhas de metrô tradicional, esse aparelho também é utilizado, porém para a movimentação de trilhos de ferro que são mais leves em comparação às vigas do monotrilho. Essa característica também torna o processo de manutenção menos complexo.