Governo de São Paulo anuncia R$ 72,4 milhões para Travessia Santos-Guarujá até 2024

A fim de agilizar o sistema de travessias na Baixada Santista e minimizar filas de espera, a Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil) deve investir, entre 2023 e 2024, R$ 72,4 milhões na Travessia Santos-Guarujá. Deste total, R$ 49,9 milhões serão destinados para a reforma de sete embarcações. Outros R$ 22,5 milhões estão sendo empregados nas obras da estação de Vicente de Carvalho (flutuante e passarela) – já iniciadas – da estação Praça da República e dos painéis de proteção metálicos das marquises do terminal.

“Esse pacote faz parte de uma estratégia de medidas de curto e médio prazo para melhorar a eficiência do sistema, como um todo. Mas o nosso foco, a longo prazo, é estruturação de uma Parceria Público-Privada (PPP) para a concessão dos serviços”, afirma a secretária Natália Resende, ao reforçar que o estudo deve ser contratado pela Secretaria de Parcerias em Investimentos (SPI), ainda neste semestre, e que a previsão é que o leilão ocorra em 2025.

O sistema de travessias de todo o Estado será contemplado com R$ 243 milhões em investimentos. Integram o pacote a aquisição de novos motores e reversores, que fazem as embarcações andarem para frente e para trás. “O objetivo é garantir equipamentos em estoque, a fim de dar celeridade à manutenção (em média, três horas para ser concluída), o que resultará em atendimento mais ágil aos usuários”, acrescenta a diretora do Departamento Hidroviário, Jamille Consulin. Será implementado, ainda, um novo contrato de manutenção que dará mais previsibilidade à operação, pois permitirá manutenções intermediárias e, não somente, após o término dos contratos.

Informação em tempo real

O usuário pode acompanhar informações sobre as condições das travessias, em tempo real, 24 horas, com imagens das câmeras de monitoramento, pelo site ou pelo aplicativo Travessias, disponível gratuitamente para o sistema Android. Há ainda o telefone 0800 77 33 711 para fornecimento de informações.

https://twitter.com/semilsp/status/1709334387576160700