EMTU abre licitação para recuperar a Ponte dos Barreiros e impulsionar o VLT em São Vicente

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) abriu uma licitação para recuperar a Ponte dos Barreiros em São Vicente.

Essa obra marca o início da terceira fase do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que vai ligar as áreas continental e insular do município a partir do Terminal Barreiros.

A abertura dos envelopes com os nomes das empresas interessadas na licitação está marcada para o dia 25 de julho na sede da EMTU em São Bernardo.

O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado.

O projeto de reforma da ponte inclui a ampliação e reforço da estrutura, duplicação da parte ferroviária, expansão do trecho para circulação de pedestres e melhoria da infraestrutura rodoviária.

A ponte tem uma extensão de 650 metros e estima-se que os serviços sejam concluídos em 24 meses após a ordem de início.

Essa reforma é o início da implantação da Linha 3 do VLT da Baixada Santista, que conectará o Terminal Barreiros à Samaritá, na área continental de São Vicente.

O ramal terá 7,5 km de extensão e quatro estações previstas, beneficiando aproximadamente 150 mil pessoas que residem em dez bairros da área continental e dependem do transporte público para se deslocar até Santos, onde se concentra a maior parte das atividades econômicas da região.

O investimento do Governo do Estado para toda essa fase do projeto está previsto em R$ 505 milhões, sendo que R$ 160 milhões serão destinados à reforma da ponte.