Investimento histórico: Prefeitura de São Paulo promove ampla recuperação de pontes e viadutos para garantir segurança e mobilidade urbana

A Prefeitura de São Paulo está investindo um montante de R$ 650 milhões em 2023 no maior programa de recuperação e manutenção de pontes e viadutos da história da cidade.

O objetivo é concluir 300 obras até o final de 2024, superando as metas estabelecidas para o período.

O programa foi iniciado em 2018, visando a realização de inspeções rotineiras e manutenções preventivas para garantir a integridade e prolongar a vida útil das estruturas.

A recuperação e manutenção das pontes e viadutos se tornaram prioridades após constatar problemas estruturais em diversas ligações importantes da cidade.

Um exemplo é o Viaduto General Olímpio da Silveira, construído em 1939, que passou por obras de recuperação devido a danos causados por acidentes.

Além disso, várias outras estruturas, como os viadutos Carlos Ferraci, Antônio Sanches de Larraigoiti Júnior, General Milton Tavares, entre outros, estão em fase de finalização das obras de reforço e recuperação estrutural.

Para a próxima etapa do programa, a Prefeitura já possui licitações publicadas para 53 obras, abrangendo importantes vias da cidade.

Atualmente, há 28 obras em andamento e outras 215 em processo de contratação.

Além disso, estão previstas vistorias em 53 estruturas, com mais de 900 inspeções em fase de planejamento.

A Prefeitura destaca a importância das inspeções regulares para identificar as condições das estruturas e obter informações para verificar possíveis danos.

Com base nesses dados, são definidas as intervenções necessárias e priorizadas as obras de recuperação.

O programa também busca utilizar novas tecnologias, como o uso de fibra de carbono para reforços, plataformas suspensas para minimizar o impacto no trânsito e materiais mais duráveis nas juntas asfálticas.

Com essas ações, a Prefeitura busca garantir a qualidade da infraestrutura viária, reduzir os gastos públicos e garantir a segurança da população.