Cresce número de roubos e furtos de automóveis em São Paulo

Segundo levantamento da Ituran, empresa de rastreamento veicular, com base no balanço mais recente desse tipo de ocorrência publicado no site da Secretaria da Segurança Pública do governo paulista, o número de roubos e furtos de automóveis, motos e comerciais leves apresentou nos dois primeiros meses de 2023 alta de 12,7% na comparação com igual período de 2022 no Estado de São Paulo. 

O estudo aponta que em janeiro e fevereiro deste ano foram registrados 20.760 casos de roubos e furtos de veículos, contra 18.418 no primeiro bimestre do ano passado. Considerando a média de casos diários, também houve alta: foram 352 ocorrências em fevereiro de 2023 contra 317 no mesmo mês do ano anterior. A elevação foi de 11,3%. O consumo de peças usadas em desmanches ilegais e na internet, tendo em vista a recessão econômica, foi um dos fatores que motivou este aumento. 

Segundo levantamento, o Brasil conta com mais de 100 milhões de carros em circulação. Muitos desses não têm qualquer tipo de seguro. Segundo dados da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNseg), apenas 30% dos carros que circulam no Brasil contam com seguro. Outras pesquisas apontam um número ainda mais alarmante. Cerca de 80% da frota nacional não tem seguro.

Mais do que uma precaução, o seguro do automóvel é uma necessidade para diminuir os prejuízos em caso de acidente, roubo ou furto, além de assegurar a vida do condutor e de terceiros. Sem ele o motorista não conta com ressarcimento financeiro principalmente em casos de roubos.

Saiba contratar o seguro automóvel

Considerando que o seguro auto não é relativamente caro e claro, o ressarcimento depende de todas as cláusulas do contrato, como a franquia e os custos que serão cobertos, é importante ler os itens da apólice para entender exatamente o que está acertado. Desta forma, a pessoa não é pega de surpresa quando precisa de uma cobertura não inclusa no pacote. Em caso de roubos ou furtos, o segurado deve entrar em contato com a seguradora imediatamente e registrar a ocorrência junto aos órgãos competentes, com a apresentação de provas para que possa ser indenizado.

Independentemente da cobertura escolhida, é necessário ter cuidado ao contratar o Seguro Automóvel. “É importante sempre contar com a ajuda de um corretor de seguros, que recomendará o seguro ideal, adequado de acordo com as necessidades de cada cliente”, afirma Nilton Dias, diretor de relacionamento da Seguralta, maior corretora de seguros do Brasil.

Sendo assim, contar com uma empresa sólida para auxiliar em todo processo também é fundamental. Especializada no mercado de seguros há mais de 50 anos, a Seguralta oferece em diversas companhias, seguros com diferentes coberturas aos veículos, de acordo com a contratação do segurado. Além dos seguros que incluem indenizações por roubo e furto qualificado, colisão, incêndio e cobertura de RCF (Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos), também é possível contratar coberturas adicionais que cobrem assistência de guincho, vidros, faróis, retrovisores e lanternas.