Supervia quer devolver concessão dos trens urbanos no Rio de Janeiro

A Supervia quer devolver a concessão dos trens urbanos no estado do Rio de Janeiro.

A concessionária já enviou oficio à Secretaria Estadual de Transportes comunicando sua decisão.

Na tarde desta quinta-feira, 27 de abril, a direção da Mitsui – empresa japonesa que controla a SuperVia – vai se reunir com o governador Cláudio Castro e formalizar sua decisão.

A empresa alega, entre outras questões, a perda da receita com a pandemia, o prejuízo com o furto de cabos e o congelamento a tarifa.

O contrato atual da empresa venceria em outubro deste ano. Em 2010, um aditivo prorrogou essa concessão até 2043.

Desde 2019, o controle acionário da concessionária é da japonesa Mitsui, controlada pelo grupo japonês Gumi.

O Mobilidade Rio procurou a Supervia que não quis se manifestar sobre o assunto.

O governo do Rio de Janeiro só deve se manifestar sobre o tema após o encontro marcado para essa tarde.