Rodovias Dutra e Rio-Santos devem receber mais de um milhão de veículos no feriado de Tiradentes

A CCR RioSP realiza, entre os dias 20 e 24 de abril, feriado de Tiradentes, uma operação especial de orientação e atendimento ao motorista que estiver em viagem pela rodovia Dutra (BR-116) e Rio-Santos, a BR-101. Durante esse período são esperados mais de um milhão de veículos. O tráfego deve ficar mais intenso já na quinta-feira (20/04), principalmente, no período da tarde. No retorno do feriado, o fluxo deve ser maior na madrugada de segunda-feira, dia 24/04. Para proporcionar mais fluidez ao tráfego, as obras nas duas rodovias serão suspensas a partir de meio-dia de quinta-feira.

Expectativa de tráfego para o feriado de Tiradentes – Dutra

Para o feriado de Tiradentes, a concessionária prevê um aumento no volume de tráfego na Dutra já a partir da tarde de quinta-feira, dia 20/04, véspera de feriado de Tiradentes, quando são esperados mais de 300 mil veículos. Já no domingo, dia 23, e na segunda, dia 24/04, retorno do feriado prolongado, devem circular pelo trecho administrado pela CCR RioSP pouco mais de 560 mil veículos. O fluxo mais intenso está previsto para a madrugada de segunda-feira, dia 24/04. 

Hoje, a CCR RioSP administra o trecho entre São Paulo e Seropédica da BR-116. Abaixo, previsão de saída e retorno do feriado na BR-116 (Dutra).

Previsão de tráfego na Dutra (BR-116)

  • Quinta-feira (20/04) – 252.116 mil veículos
  • Sexta-feira (21/04) – 253.2072 mil veículos
  • Segunda-feira (24/04) – 223.960 mil veículos

Expectativa de tráfego para o feriado de Tiradentes – Rio-Santos

O tráfego também deve ser intenso na Rio-Santos, a BR-101, rodovia que dá acesso aos municípios de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, e da Costa Verde Fluminense, como Paraty, Angra dos Reis, Mangaratiba e Itaguaí. Assim como na Dutra, a concessionária prevê um aumento no volume de tráfego na Rio-Santos, a BR-101, já a partir de quinta-feira, dia 20/04. Nesse dia são esperados mais de 60 mil veículos nos 270km da rodovia federal. Depois disso o tráfego volta a ficar intenso na segunda, retorno do feriado prolongado. Para esse dia, são esperados cerca de 31mil veículos. Abaixo, previsão para saída e retorno do feriado de Tiradentes na BR-101 (Rio-Santos).

Previsão de tráfego na Rio-Santos (BR-101)

  • Quinta-feira (20/04) – 61.635 mil veículos
  • Sexta-feira (21/04) – 43.644 mil veículos
  • Segunda-feira (24/04) – 31.285 mil veículos

Obras

A concessionária está com obra 24 horas no km 214,6 da pista marginal, em Guarulhos, na Dutra. No local, o tráfego flui pela faixa da esquerda. Nos demais trechos, os serviços serão suspensos na quinta-feira, dia 20/04, após o meio-dia. Entre sexta-feira, dia 21/04, e domingo, dia 23/04, os trabalhos ocorrerão apenas durante a madrugada (entre 22h e 5h). 

Na BR-101, os serviços serão suspensos na quinta-feira, dia 20/04, após o meio-dia. Entre sexta-feira e domingo, os trabalhos ocorrerão apenas durante a madrugada (entre 22h e 5h).

Manutenção veicular

Com o objetivo de conscientizar os motorista sobre a importância da manutenção veicular, a CCR RioSP reforça os cuidados básicos que o motorista deve ter com o veículo antes de curtir o feriado prolongado. A campanha reforça os cuidados com o veículo para evitar possíveis falhas ou problemas que possam aparecer durante a viagem. No último feriado prolongado – feriado de Páscoa – as equipes da concessionária atenderam 518 motoristas com pane mecânica nas duas rodovias administradas pela concessionária.

Entre as ações programadas para o período haverá divulgação de mensagens educativas nos painéis de mensagens variáveis (PMVs), faixas na rodovia e a veiculação de dicas de segurança na programação da rádio CCR FM 107,5. 

“Vários problemas mais sérios podem ser identificados antes que comprometam outras áreas do motor, da parte elétrica ou mecânica, ou seja, a revisão do carro previne gastos mais elevados. Motoristas compromissados com as revisões são os que conduzem os carros que oferecem mais segurança nas cidades e estradas”, explica Rodolfo Borrel, Gerente de Operação da CCR RioSP. 

Em caso de ocorrência na rodovia, o motorista pode acionar os serviços da CCR RioSP pelos seguintes canais de atendimento 24 horas:

  • WhatsApp (11) 2795-2238;
  • Aplicativo da CCR – CCR RioSP (disponível nas plataformas digitais iOS e Android);
  • Disque CCR RioSP 0800 0173536;
  • As condições de tráfego das duas rodovias podem ser consultadas no site da concessionária.

Fique atento

  • Verifique a calibragem nos pneus, inclusive o estepe; 
  • Fique atento ao desgaste irregular dos pneus, pois bolhas e cortes podem causar estouros; 
  • Além disso, faça uma revisão completa: combustível, nível do óleo no motor, palhetas dos limpadores traseiro e dianteiro, funcionamento das lanternas, luz de freio e regulagem dos faróis.

Free flow

Os pórticos do novo sistema de pagamento eletrônico de pedágio, o free flow, estão instalados em Paraty (km 538), Mangaratiba (km 447) e Itaguaí (km 414). Conforme prevê o contrato de concessão, nos finais de semana e feriados nacionais a tarifa tem valor diferenciado – R$ 6,80. Para veículos comerciais, a tarifa é multiplicada pelo número de eixos. As informações sobre free flow podem ser consultadas no portal web da concessionária.

 Veja como pagar a tarifa do free flow e evitar multa:

  • Todos os veículos com TAG tem desconto de 5% na tarifa de pedágio; 
  • Os veículos leves com TAG têm desconto progressivo a partir da segunda até a trigésima passagem, desde que realizadas no mesmo local/sentido, dentro do mês vigente. Os descontos podem variar entre 5 e 70%. Para saber mais acesse o site e baixe a tabela com os valores dos descontos em cada um dos pórticos do free flow;
  • Há duas maneiras de funcionamento: uma pela leitura de uma TAG previamente instalada no para-brisa; outra pela leitura da placa dos veículos; 
  • No primeiro caso, a passagem será cobrada direto na fatura da operadora de TAG com o desconto previsto para o usuário frequente, que pode alcançar até 70%; 
  • Já para o motorista que não tem TAG instalada no para-brisa, o autopagamento da tarifa poderá ser feito por WhatsApp/Chatbot, aplicativo ou portal web da concessionária, por meio de PIX ou cartão de crédito; 
  • Para evitar multas, a tarifa deve ser paga em até 15 dias corridos após a passagem. O não pagamento da tarifa está sujeito a multa de trânsito no valor de R$ 195,23 e 5 pontos na carteira (Artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro), além de multa e encargos moratórios pelo atraso.