Metrô vai demitir três funcionários responsabilizados pela colisão no monotrilho

O Metrô de São Paulo vai demitir três funcionários que foram responsabilizados pela colisão envolvendo dois trens do monotrilho.

Segundo a companhia, serão demitidos: aquele que estava no centro de comando e monitorava a circulação dos trens naquele momento e os dois condutores dos trens envolvidos no acidente.

A informação foi dada durante uma reunião conduzida pelo Ministério Público de São Paulo com os responsáveis pela linha 15-Prata.

Na reunião também foi feito um acordo amigável entre o consórcio responsável pela construção da via usada pela linha e o Ministério Público para reparar os danos já provocados sem que seja necessário entrar na Justiça para que as reparações sejam feitas. O acordo pode incluir um pagamento de indenização.