DER: rodovias estaduais receberão mais de 775 mil veículos durante o feriado de Páscoa

As rodovias estaduais sob administração do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (SEMIL), terão reforços operacionais durante todo feriado de Páscoa. As medidas visam otimizar o desempenho das vias e minimizar o impacto do fluxo de veículos mais intenso. A expectativa é a de que cerca de 775 mil de veículos circulem sentido as regiões litorâneas e interior, entre os dias 6 e 9 de abril.

A segurança viária é prioridade e o DER vai intensificar os serviços de apoio com guinchos leves e pesados e aumento do efetivo com veículos de inspeção. O monitoramento será através de drones nas vias mais movimentadas e 54 câmeras de circuito fechado (CFTV), além de 10 câmeras panorâmicas e contadores veiculares.

A operação contará, ainda, com reforço nas equipes que fazem atendimento, além da ativação da “Operação Visibilidade” com viaturas em pontos estratégicos, para prevenir o registro de ocorrência e agilizar o atendimento aos motoristas e usuários. Durante o feriado haverá intensificação na comunicação com orientação aos motoristas por meio de painéis luminosos (Painéis de Mensagem Variável) espalhados pelos trechos.

Expectativa de movimentação

  • Rodovia Manoel Hyppolito Rego – Rio-Santos (SP-055), norte: 129.301
  • Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), sul: 212.458
  • Rodovia Mogi-Bertioga (SP-098): 61.214
  • Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125): 41.909
  • Rodovia Raposo Tavares (SP-270): 330.832

Total: 775.714

Melhores horários para viajar

  • Quinta-feira (6) – 0h às 14h – 22h à 0h;
  • Sexta-feira (7) – 0h às 7h – 19h à 0h;
  • Sábado (8) – 0h às 7h – 19h à 0h;
  • Domingo (9) – 0h às 10h – 22h à 0h.

Movimentação nas principais vias concedidas

Nas principais rodovias de saída da capital paulista operadas por concessionárias, sob gestão da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo, a previsão é receber mais de 1,9 milhão de veículos. A agência reguladora vai monitorar as vias a partir do Centro de Controle de Informações (CCI) com amplo apoio operacional. A malha concedida possui câmeras implantadas em 11,1 mil quilômetros de rodovias, além de telefones de emergência (call boxes), sensores de tráfego, estações meteorológicas e painéis eletrônicos de mensagens.

Também estarão disponíveis, para atendimento aos usuários, ambulâncias e reforço no atendimento médico; guinchos leves e pesados, veículos de apoio operacional, veículos de inspeção de tráfego, além de caminhões-pipas e veículos de socorro de animais. As equipes de colaboradores das praças de pedágio também serão ampliadas para agilizar o atendimento.

Travessias

Para quem optar pelo caminho das balsas, poderá contar com o funcionamento de 24 horas das travessias de São Sebastião/Ilhabela, Santos/Guarujá, Bertioga/Guarujá, Iguapé/Juréia, Cananeia/Ilha Comprida, Cananéia/Continente e Santos/Vicente de Carvalho. Cananéia/Ariri funcionará em determinados horários, que podem ser consultados aqui.

Com uma frota atual de 32 embarcações, entre lanchas e balsas, o sistema tem um volume diário de 20 mil pedestres, 11 mil ciclistas e 26 mil veículos.

O usuário pode ainda acompanhar as informações em tempo real sobre as condições das Travessias e imagens das câmeras de monitoramento pelo site ou pelo aplicativo Travessias do Departamento Hidroviário – SP, disponível gratuitamente para os sistemas Android e Apple.