CPTM realiza 1º leilão de inservíveis do ano, com expectativa de arrecadar R$ 6 milhões

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) fará no dia 17 de abril, às 10h00, o seu primeiro leilão de materiais inservíveis de 2023. Nesta edição, que terá 66 lotes de materiais, a expectativa é de uma arrecadação de R$ 6 milhões.

Entre os principais itens leiloados estão dormentes de madeira, trilhos, móveis antigos da ferrovia, e sucata de diversos metais, como alumínio, cobre, aço e ferro. O edital do certame, cujos itens podem ser adquiridos tanto por pessoas físicas quanto jurídicas, está disponível nos sites www.cptm.sp.gov.br/licitacoes/editais e www.deseulance.com.

“Os leilões de inservíveis são uma importante fonte de receita não tarifária para a CPTM e já são tradicionais no mercado. O valor arrecadado voltará para o caixa e será utilizado em melhorias no sistema em geral”, explica Leandro Capergiani, Gerente de Logística da companhia.

“Além da receita não-tarifária, os certames ainda possuem os benefícios ambientais, como a reutilização e reciclagem de materiais pelos arrematantes, a redução de emissão de CO2 para a atmosfera e a economia de recursos naturais, o que previne a poluição do ar, água e solo”, diz Pedro Moro, presidente da CPTM.