Polícia Civil prende quadrilha de motoristas por aplicativo que cometia crimes contra mulheres

Uma quadrilha de motoristas de carros por aplicativo foi presa pela Polícia Civil de São Paulo por sequestrar, roubar, estuprar e abusar sexualmente de passageiras sozinhas.

Três homens foram presos em flagrante, enquanto outro comparsa fugiu e é procurado.

A vítima foi libertada e o grupo já era investigado por abordar mais seis mulheres.

A polícia prendeu o grupo quando eles estavam levando a vítima para um cativeiro em Itaquaquecetuba.