25.4 C
São Paulo
sexta-feira, maio 24, 2024

Rio-Santos: Dicas sobre o sistema de pedágios free flow a ser implementado em breve

O Brasil está prestes a ingressar em uma nova era relacionada às transações de pagamento de pedágios nas rodovias.

A novidade, que já está sendo testada na rodovia Rio-Santos (BR-101), no Rio de Janeiro, é a implementação do sistema de pedágio free flow, que permite o tráfego de veículos sem que os motoristas precisem parar para pagar o pedágio.

A cobrança será feita de forma automática, sem contato, e o pagamento será feito por meio de uma tag eletrônica no para-brisa do veículo ou por meio da identificação da placa do veículo após o término da viagem.

A utilização de tags eletrônicas oferece descontos na tarifa de 5% e descontos progressivos que podem chegar a 70% a cada mês vigente.

De acordo com a ABEPAM (Associação Brasileira das Empresas de Pagamento Automático para Mobilidade), atualmente, mais de 9 milhões de brasileiros já utilizam tags para tornar seus deslocamentos rodoviários mais simples.

O free flow permite que os motoristas economizem tempo e combustível nas viagens, melhorando a fluidez das estradas.

7 informações valiosas sobre o sistema de pedágios free flow

  1. A cobrança de pedágios no sistema free flow entra em operação na BR-101, a partir da meia-noite de sexta-feira, 31 de março.
  2. Motoristas com tags eletrônicas terão facilidade, podendo fazer o autopagamento de todos os pedágios percorridos na fatura de sua operadora de tag eletrônica.
  3. Além de simplificar o pagamento de pedágios, as tags facilitam o controle de gastos por viagem e ainda oferecem benefícios, como descontos progressivos nos trechos percorridos.
  4. Para evitar a inadimplência, motoristas sem tag terão de pesquisar as regras adotadas pela concessionária da rodovia pedagiada percorrida.
  5. O sistema free flow permite que motoristas ganhem agilidade nos trajetos e até economizem combustível nas viagens, por diminuírem os pontos de frenagem, parada e mudanças de velocidade nas proximidades das praças de pedágio, melhorando a fluidez das estradas.
  6. Os pórticos de cobrança estão localizados no Estado do Rio de Janeiro, em Paraty (km 538), Mangaratiba (km 447) e Itaguaí (km 414).
  7. Motoristas sem tags eletrônicas deverão efetuar o pagamento posterior das tarifas a partir da placa do veículo, em até 15 dias corridos nos canais da concessionária – site, aplicativo e WhatsApp, para evitar multas.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Régis Silva
    Régis Silva
    Régis Silva é redator de conteúdo dos sites de mobilidade urbana do Grupo PLN.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS