19.7 C
São Paulo
segunda-feira, maio 20, 2024

World View, líder de exploração estratosférica, nomeia Ian Thomas como seu diretor de Receita

World View, líder mundial em exploração e voos estratosféricos, anunciou hoje a nomeação de Ian Thomas como diretor de Receita (Chief Revenue Officer – CRO). Thomas traz mais de 30 anos de experiência em escalar negócios internacionais, incluindo 15 anos na The Boeing Company, onde ocupou vários cargos de liderança sênior nos Estados Unidos e na Europa, e depois liderou as operações da empresa no Reino Unido, Índia, Austrália e China.

“A World View tem orgulho de estar na vanguarda da exploração estratosférica e, à medida que continuamos expandindo nosso alcance global, é fundamental que nossa empresa seja dirigida por uma liderança que personifique nossa missão: inspirar, criar e explorar novas perspectivas para um mundo radicalmente futuro melhor”, disse Ryan M. Hartman, presidente e CEO da World View. “A vasta experiência de Ian em escalar negócios com sucesso em mercados relevantes e sua capacidade de conduzir parcerias estratégicas que preenchem uma lacuna crítica no setor de imagens e análises espaciais existentes serão essenciais para a próxima fase de crescimento da World View.”

Thomas vai liderar o desenvolvimento de negócios internacionais da empresa e será responsável pela expansão da participação no mercado mundial da World View, à medida que a empresa continua crescendo e diversificando seus negócios de sensoriamento remoto. Parte de seu foco será atingir novos setores que possam se beneficiar das vantagens exclusivas oferecidas pelo sensoriamento remoto via estratosfera e no fornecimento de recursos não disponíveis com imagens de satélite tradicionais ou monitoramento de aeronaves de asa fixa.

Thomas liderou as operações da Boeing em quatro dos maiores mercados aeroespaciais do mundo, ajudando a garantir a venda e aprovação de bilhões de dólares em aviões comerciais e produtos e serviços de defesa. Antes de seu período na Boeing, ele esteve no escritório de política da OTAN no Pentágono e escreveu amplamente sobre questões de defesa e segurança dos EUA e de seus países aliados.

“É uma honra fazer parte da World View durante esta etapa emocionante de crescimento dinâmico para a empresa e para o mercado mundial de sensoriamento remoto”, afirmou Thomas. “As tecnologias da World View oferecem capacidade crítica para uma ampla gama de clientes do governo e da indústria em um campo de casos de uso em expansão. Espero poder apoiar a expansão dos negócios da World View e expandir uma empresa internacional altamente rentável.”

No início deste ano, a World View anunciou planos de listagem na bolsa por meio de um acordo SPAC com a Leo Holdings Corp. II (“Leo”) (NYSE: LHC). A transação avalia a empresa conjunta em um valor empresarial pró-forma de aproximadamente US$ 350 milhões. A World View planeja usar o capital para expandir seus negócios internacionais de sensoriamento remoto em novos mercados, sendo pioneira em casos de uso novos e existentes neste domínio em evolução e economia em crescimento.

Para saber mais sobre a experiência pioneira da World View na economia estratosférica, acesse worldview.space.

Sobre a World View

A World View Enterprises Inc. (“World View”) é uma empresa líder mundial em exploração estratosférica, fundada em 2012 e com sede em Tucson, Arizona (EUA). A World View tem um histórico comprovado de realizações na indústria de balonismo estratosférico e está liderando uma nova era de exploração estratosférica para levar a compreensão e a apreciação da Terra pela humanidade a novas alturas inspiradas. Com uma visão mais nítida de um futuro melhor, a World View existe para inspirar, criar e explorar novas perspectivas para um futuro radicalmente melhorado. Por meio de seu legado de negócios de sensoriamento remoto e sistema de imagens Stratollite®, e promissoras capacidades futuras com missões de pesquisa e engenharia bem como turismo e exploração espacial, a World View vem trabalhando para garantir seu objetivo final: honrar o planeta para que as futuras gerações possam chamá-lo de lar. Para mais informações, acesse worldview.space.

Sobre a Leo Holdings Corp. II e a Leo Holdings

A Leo Holdings Corp. II (“Leo”), atualmente cotada na NYSE com o código LHC, é uma empresa de aquisição de finalidade especial (SPAC) que busca investir em empresas de crescimento impulsionadas pelo empreendedorismo cujo objetivo é a disrupção em setores ou modelos de negócios existentes, além de empresas posicionadas para prosperar na era da informação digital em evolução, onde a mudança no comportamento do cliente cria oportunidades para retornos extraordinários. A Leo Holdings Corp. II faz parte de uma iniciativa de aquisição de finalidade especial, a Leo Holdings. A Leo Holdings foi formada pelos diretores da Lion Capital, que é comandada pelo fundador e sócio-diretor, Lyndon Lea. A equipe de gestão da Leo Holdings tem uma ampla experiência em possuir e operar negócios em escala mundial, tendo trabalhado em cooperação há mais de 20 anos. Para mais informações, acesse leoholdings.com.

Declaração de Advertência sobre Declarações Prospectivas

Certas declarações incluídas neste comunicado à imprensa que não são fatos históricos são declarações prospectivas para fins das cláusulas de “isenção de responsabilidade” da Lei de Reforma de Litígios sobre Títulos Particulares (Private Securities Litigation Reform Act) dos Estados Unidos de 1995. Em geral, declarações prospectivas são acompanhadas por palavras como “acredita”, “pode”, “irá”, “estima”, “continua”, “antecipa”, “pretende”, “espera”, “deve”, “iria”, “planeja”, “prevê”, “potencial”, “parece”, “busca”, “futuro”, “perspectiva” e expressões semelhantes que preveem ou indicam eventos ou tendências futuras ou que não são declarações de assuntos históricos. Todas as declarações, exceto declarações de fatos atuais ou históricos incluídas neste comunicado à imprensa, inclusive sobre a proposta de combinação de negócios da World View com a Leo (a “Combinação de Negócios”), a capacidade da Leo de consumar as transações propostas, os benefícios antecipados das transações propostas e o futuro desempenho financeiro da empresa combinada, incluindo projeções financeiras, bem como a estratégia da empresa combinada, operações futuras, posição financeira estimada, crescimento estimado da receita, expectativas de perspectivas, crescimento estimado do mercado, tamanho e oportunidade, cronograma e processo de desenvolvimento estimado, aprovações esperadas de reguladores e cronograma relacionado, planos e objetivos de gestão e capacidades futuras da World View, oportunidades de produtos e mercado, capacidade de obter e manter relacionamentos estratégicos, capacidades de sensoriamento remoto e potencial de crescimento e expectativas quanto ao crescimento dos mercados de sensoriamento remoto e turismo espacial, entre outros, são declarações prospectivas. Estas declarações são baseadas em várias suposições, identificadas ou não neste comunicadoàimprensa, e nas expectativas atuais da gestão da World View e da Leo e não são previsões de desempenho real. Estas declarações prospectivas são fornecidas apenas para fins ilustrativos e não se destinam a servir como, e não devem ser invocadas por um investidor como uma garantia, uma previsão ou uma declaração definitiva de um fato ou probabilidade. Os eventos e circunstâncias reais são difíceis ou impossíveis de prever e diferem das suposições. Muitos eventos e circunstâncias reais estão além do controle da World View e da Leo. Estas declarações prospectivas estão sujeitas a uma série de riscos e incertezas, incluindo, mas não se limitando a: incapacidade das partes de consumar com sucesso ou oportuna a Combinação de Negócios, incluindo o risco de que quaisquer aprovações regulatórias necessárias não sejam obtidas, sejam atrasadas ou sujeitas a condições imprevistas que podem afetar adversamente a empresa combinada ou os benefícios esperados da Combinação de Negócios não sejam obtidos; o risco de que a Combinação de Negócios não seja concluída até o prazo de Combinação de Negócios da Leo; falha em perceber os benefícios antecipados da Combinação de Negócios; riscos referentes à incerteza das informações financeiras projetadas quanto à World View; a ocorrência de qualquer evento, alteração ou outra circunstância que possa ensejar a rescisão do contrato definitivo da Combinação de Negócios; o efeito do anúncio ou pendência da transação em relações comerciais, resultados operacionais e negócios da World View em geral; riscos de que a Combinação de Negócios interrompa os planos e operações atuais da World View; riscos referentes às necessidades de capital da World View e capacidade de obter financiamento adequado; o resultado de qualquer procedimento legal que possa ser instaurado contra a World View ou contra a Leo referente à Combinação de Negócios ou quaisquer contratos relacionados; a capacidade de manter a cotação de títulos da Leo em uma bolsa de valores nacional; mudanças nas condições comerciais, de mercado, financeiras, políticas e legais a nível nacional e internacional bem como mudanças na estrutura de capital combinada; a capacidade de implementar planos de negócios, previsões e outras expectativas após a conclusão da Combinação de Negócios, além de identificar e aproveitar oportunidades adicionais; riscos referentes à implantação de negócios da World View e ao cronograma dos marcos comerciais esperados; efeitos da concorrência nos negócios da World View; riscos de operar e gerenciar de modo eficaz o crescimento em condições macroeconômicas incertas e em evolução, como alta inflação e ambientes de recessão; riscos aos negócios da World View se os processos internos e os sistemas de tecnologia da informação não forem mantidos adequadamente; riscos associados à dependência operacional da World View de contratados independentes e terceiros; riscos associados à dependência da World View de certos fornecedores, incluindo recentes desacelerações e disrupções na cadeia de fornecimento mundial; riscos e incertezas referentes às operações internacionais da World View, incluindo possíveis restrições a investimentos internacionais que possam prejudicar a posição financeira da World View; capacidade de alcançar melhores margens e rentabilidade; riscos contínuos referentes à pandemia de COVID 19; e riscos associados à capacidade da World View de desenvolver seus produtos e obter aprovações regulatórias ou marcos nos prazos esperados ou em todos. A lista anterior de fatores não está completa. Considere com cuidado os fatores anteriores e outros riscos e incertezas descritos na seção “Fatores de Risco” do prospecto final da declaração de registro da Leo no Formulário S-1, conforme alterado (arquivo nº 333-249676), a declaração de registro no Formulário S-4 a ser apresentada à SEC pela Leo e outros documentos apresentados ou que possam ser apresentados pela Leo de tempos em tempos à SEC. Estas apresentações identificam e abordam outros riscos e incertezas importantes que podem fazer com que eventos e resultados reais sejam materialmente diferentes daqueles contidos nas declarações prospectivas. Se algum destes riscos se materializar ou nossas suposições se mostrarem incorretas, os resultados reais podem diferir materialmente dos resultados implícitos nestas declarações prospectivas. Pode haver riscos adicionais que nenhum membro da Leo ou da World View atualmente conheça ou que a Leo ou a World View atualmente acreditem ser imateriais, e que também possam fazer com que os resultados reais sejam diferentes daqueles contidos nas declarações prospectivas. Além disto, as declarações prospectivas refletem as expectativas, planos ou previsões de eventos futuros e visões de Leo e da World View na data deste comunicado à imprensa. A Leo e a World View antecipam que eventos e desenvolvimentos subsequentes farão com que as avaliações da Leo e da World View mudem. Contudo, embora a Leo e a World View possam optar por atualizar estas declarações prospectivas em algum momento no futuro, a Leo e a World View se isentam especificamente de qualquer obrigação de fazer isso. Estas declarações prospectivas não devem ser consideradas como representativas dos pontos de vista da Leo e da World View em nenhuma data posterior à data deste comunicado à imprensa. Como consequência, confiança indevida não deve ser depositada nas declarações prospectivas. Certas informações de dados de mercado neste comunicado à imprensa estão baseadas nas estimativas da administração da World View e da Leo. A World View e a Leo obtiveram os dados do setor, do mercado e da posição competitiva utilizados neste comunicado à imprensa a partir de estimativas e pesquisas internas, bem como de publicações e pesquisas do setor, pesquisas e estudos conduzidos por terceiros. A World View e a Leo acreditam que suas estimativas sejam precisas na data deste comunicado à imprensa. Entretanto, esta informação pode se revelar imprecisa devido ao método pelo qual a World View ou a Leo obtiveram alguns dos dados para suas estimativas ou porque esta informação nem sempre pode ser verificada devido aos limites de disponibilidade e confiabilidade de dados primários, e à natureza voluntária do processo de coleta de dados.

Informações importantes

A Leo pretende apresentar à SEC uma Declaração de Registro no Formulário S-4 (conforme alterado ou complementado, a “Declaração de Registro”), que irá incluir uma declaração de procuração/prospecto preliminar da Leo, que será tanto a declaração de procuração a ser distribuída aos detentores de ações ordinárias da Leo em conexão com a solicitação de procurações para o voto de acionistas da Leo referente à proposta de Combinação de Negócios e assuntos relacionados, conforme descrito na Declaração de Registro, como o prospecto referente à oferta e venda de títulos a serem emitidos na Combinação de Negócios. Depois que a Declaração de Registro for declarada efetiva, a Leo irã enviar uma declaração de procuração/prospecto definitivo e outros documentos pertinentes a seus acionistas. Os acionistas da Leo e outras pessoas interessadas são aconselhados a ler, quando disponíveis, a declaração preliminar de procuração/prospecto e suas alterações, bem como a declaração de procuração/prospecto definitivo em conexão com a solicitação de procurações da Leo para sua assembleia de acionistas a ser realizada para aprovar a Combinação de Negócios e assuntos relacionados, pois a declaração de procuração/prospecto irá conter informações importantes sobre a Leo e a World View, além da Combinação de Negócios proposta.

A declaração de procuração/prospecto definitiva será enviada aos acionistas da Leo a partir de uma data de registro a ser estabelecida para votação da Combinação de Negócios proposta e assuntos relacionados. Os acionistas podem obter cópias da declaração de procuração/prospecto, quando disponíveis, sem ônus, no site da SEC em www.sec.gov ou ao enviar uma solicitação a: Leo Holdings Corp. II, 21 Grosvenor Pl, London SW1X 7HF, United Kingdom ou pelo e-mail brown@leo.holdings.

Participantes da solicitação

Este comunicado à imprensa não é uma solicitação de procuração de qualquer investidor ou detentor de títulos. Contudo, a Leo, a World View e a Leo Investors II Limited Partnership e seus respectivos diretores, executivos e outros membros de sua administração e funcionários podem ser considerados participantes da solicitação de procurações dos acionistas da Leo referente à Combinação de Negócios proposta e assuntos relacionados. Os investidores e detentores de títulos podem obter informações mais detalhadas sobre nomes, afiliações e interesses dos diretores e executivos da Leo e da World View na declaração de procuração/prospecto referente à Combinação de Negócios proposta quando for apresentada à SEC. Estes documentos podem ser obtidos gratuitamente a partir das fontes indicadas acima.

Ausência de oferta ou solicitação

Este comunicado à imprensa é apenas para finalidades informativas e não se destina, nem deve constituir uma oferta de venda ou solicitação de uma oferta de venda ou solicitação de uma oferta de compra ou subscrição de quaisquer títulos ou uma solicitação de qualquer voto de aprovação, nem haverá qualquer venda, emissão ou transferência de títulos em qualquer jurisdição na qual tal oferta, solicitação ou venda seja ilegal antes do registro ou qualificação segundo as leis de valores mobiliários de tal jurisdição. Nenhuma oferta de títulos deve ser feita, exceto mediante um prospecto que satisfaça os requisitos da Seção 10 da Lei de Valores Mobiliários de 1933, conforme alterado e, caso contrário, segundo a legislação aplicável.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • DINO
    DINOhttps://www.dino.com.br/
    DINO é a maior Agência de Notícias Corporativas do Brasil e ajuda assessorias de imprensa, agências de comunicação, profissionais de marketing e empreendedores a fortalecerem marcas por meio da publicação de notícias sobre sua área de atuação.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS