Jundiaí: Começam adequações para ciclofaixa na Rua Barão do Rio Branco

Com base nos dados e conceito de Ruas Completas, aprimorando a segurança para reduzir acidentes graves de trânsito e, assim, estimular a presença de pedestres e ciclistas, a Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT), iniciou as adequações para a implantação de ciclofaixa na Rua Barão do Rio Branco, na Vila Arens, dando continuidade à ciclofaixa da Rua Lacerda Franco, que faz parte da primeira Área da Infância de Jundiaí.

“Além da pintura de solo, também faremos a implantação de sinalizações verticais e horizontais, de semáforo, enfim, todos os equipamentos de orientação de trânsito necessários para a segurança viária, que visam contemplar a circulação de pedestres, ciclistas e motoristas”, explica o diretor de Trânsito da UGMT, Esdras Benedito Cintra Júnior. 

A criação da estrutura cicloviária no município está prevista no Plano de Mobilidade Urbana de Jundiaí (PMUJ) e, no caso, da Vila Arens também proporciona as adequações para a área com intervenções específicas para a infância, resultado dos desejos manifestados pelo Comitê das Crianças, no entorno da Fábrica das Infâncias Japy, espaço cultural, lúdico e criativo, que integra as diversas ações para transformar, cada vez mais, Jundiaí, a Cidade das Crianças.

Nessa primeira fase do projeto em conjunto com a Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), a malha ciclável se estenderá até o Terminal Vila Arens, já interligando os modais de transporte (trem, ônibus e bicicleta). “É uma demanda mundial para que as estratégias de mobilidade urbana contemplem infraestrutura e serviços sustentáveis, com meios de locomoção alternativos, para priorizar a qualidade de vida, com qualificação de vias para maior segurança e conforto à população”, comenta o gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz.

Foto: Prefeitura de Jundiaí

A próxima etapa de remodelação contará com a inserção da malha cicloviária da Avenida dos Ferroviários, entre os terminais modais (trem e ônibus), até a Rua da Várzea. A inserção dessa infraestrutura está interligada às ações de implantação do Trem Intercidades (TIC), projeto em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.

Plano Municipal

O Plano de Mobilidade Urbana de Jundiaí prevê iniciativas e obras de melhorias em infraestrutura, a curto, médio e longo prazo, como alargamentos e readequações de calçadas, manutenção e ampliação de sinalizações verticais e horizontais, implantação de ciclovias (180 quilômetros de malha ciclável no município), construção de transposições em rodovias para viabilizar o transporte de cargas, parceria com o Governo do Estado para melhorias e estímulo ao transporte por ferrovias, entre outros modais.