EMTU abre licitação para obras de recuperação da Ponte A Tribuna em São Vicente

O Governo do Estado de São Paulo publicou neste sábado (21/01), o aviso de licitação para escolher a empresa responsável pelas obras de recuperação, reforço e ampliação da Ponte A Tribuna, antiga Ponte dos Barreiros. A ponte tem uma estrutura de 650 metros de comprimento e liga a área insular à área continental de São Vicente.

A reforma marca o início da implantação da fase 3 do VLT da Baixada Santista, conectando o Terminal Barreiros à Samaritá. O ramal vai beneficiar cerca de 150 mil pessoas que residem em dez bairros da área continental e dependem do transporte público para se deslocar até Santos, município onde se localiza a maior parte das atividades econômicas da Baixada Santista. O investimento do Governo do Estado previsto para toda essa fase é de R$ 505 milhões.

A sessão pública de apresentação das propostas está marcada para o dia 14 de março, às 10h30, na sede da EMTU (Rua Joaquim Casemiro, 290, bairro Planalto, em São Bernardo do Campo).

Reforma e ampliação

O projeto de reforma da ponte A Tribuna prevê a ampliação e reforço da estrutura, duplicação da parte ferroviária (atualmente inoperante), expansão do trecho de passeio e melhorias da infraestrutura rodoviária.

A previsão é de que as obras sejam concluídas em 24 meses a partir da ordem de início. Os serviços serão divididos em dez etapas, incluindo reforços estruturais, execução da estrutura metálica, remoção do pavimento atual, levantamento da estrutura da ponte rodoviária, nova pavimentação, concretagem, drenagem e iluminação pública.

Após a reforma e ampliação da ponte, estão previstas as demais intervenções para a ligação do Terminal Barreiros até Samaritá.

Quando for totalmente concluído, o VLT terá ao todo 27 km de extensão, considerando os 11,5 km já em operação (Barreiros – Estação Porto), 8 km do segundo trecho – entre Conselheiro Nébias e Valongo (em obras), e os 7,5 km da ligação entre Barreiros e Samaritá.