Operação Verão é iniciada com alerta sobre colisões traseiras

Começa na segunda-feira, dia 19 de dezembro de 2022, nas rodovias paulistas, a Operação Verão 2022/2023. Até 27 de fevereiro de 2023, as concessionárias que administram as rodovias do Estado de São Paulo, a Polícia Rodoviária e a Artesp (Agência Reguladora do Estado de São Paulo) devem promover ações operacionais e de fiscalização, para garantir a segurança daqueles que pretendem pegar a estrada para as festas de final de ano ou nas férias de janeiro/fevereiro.

Neste período de maior movimento, a Renovias vai empenhar todos os esforços para garantir a segurança dos clientes que trafegam pelos 345,6 quilômetros da malha viária que faz a interligação entre Campinas, Circuito das Águas e sul de Minas Gerais.

“Utilizaremos todos os recursos e equipamentos necessários para que os motoristas trafeguem com segurança, conforto e tranquilidade por nossas rodovias. Teremos equipes de plantão para o pronto atendimento ao cliente, assim como câmeras de monitoramento, viaturas de inspeção, ambulâncias e guinchos”, comenta o coordenador de atendimento da Renovias, Alberto Correia Júnior.

O Sistema de Atendimento ao Usuário (SAU) da Renovias está à disposição 24 horas por dia. Para acioná-lo, basta ligar 0800 055 9696 ou usar um dos fones de emergência implantados a cada quilômetro. Condições antecipadas do tráfego podem ser obtidas pelo site.

Colisões traseiras

A Renovias faz um alerta, especialmente neste período de maior movimento nas rodovias, para que os motoristas fiquem atentos e evitem as colisões traseiras. Este é o segundo tipo mais comum de acidentes registrados nas rodovias administradas pela concessionária.

De janeiro a novembro deste ano, foram registrados 239 casos de colisões traseiras, o que representa 25,3% do total de acidentes contabilizados na malha viária Renovias.

“O motorista deve manter uma distância segura de seguimento. Dirigir com cautela, mantendo uma distância razoável do veículo que segue à sua frente, é primordial para evitar acidentes e garantir uma viagem tranquila”, comenta o coordenador de tráfego da Renovias, Alexandre Bueno.