PUBLICIDADE

TEVX Higer anuncia aumento de produção para atender a cidades brasileiras

Imagem: Divulgação

Determinada a apoiar a renovação da frota de São Paulo com ônibus elétricos de última geração, a TEVX HIGER, que já tem seu veículo Azure A12BR homologado pela SPTrans, aumentou a produção em sua fábrica a fim de garantir as melhores condições de custos e de entrega.

Marcelo Barella, diretor da Higer Bus para América do Sul, conta que este movimento é uma resposta concreta para auxiliar a capital paulista a atingir as 2 600 unidades elétricas até 2024. “Já temos programação com nossos fornecedores de componentes, inclusive de baterias, para atender em curtíssimo prazo pedidos de até 200 unidades. Para 2023 traremos mais 3 000 unidades. A estrutura que temos na matriz nos dá flexibilidade para aumentar a linha de produção para atender o Brasil e os demais países da América do Sul”.

O Azure é a linha de segmento de ônibus elétricos urbanos da Higer e já conta com 6.000 unidades em operação pelo mundo, dentre as mais de 50 mil unidades elétricas produzidas pela marca

Para atender as especificações do mercado brasileiro, a Higer projetou um modelo exclusivo para o país, o Azure A12BR, que inclusive já expandiu fronteiras e atingiu novos mercados, como Uruguai, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Panamá, Guatemala, República Dominicana e México.

Unindo tecnologia de ponta e um moderno projeto de engenharia, o Azure12BR tem 12,2 metros de comprimento e capacidade para 78 passageiros. Possui piso baixo com acesso fácil para cadeiras de rodas, assentos confortáveis e corredores largos, além de ar-condicionado ecológico, wi-fi, conectores USB para celulares e vidros com tratamento UV.

Azure A12BR

O Azure A12BR já tem sido utilizado em operações nas ruas de algumas cidades brasileiras, como Curitiba e São José dos Campos. Para atender à crescente demanda de pedidos, a empresa está ampliando o número de ônibus elétricos para testes. As novas unidades já estarão rodando no início de 2023. “Nos testes práticos realizados, registrou-se uma autonomia de 300 km e ainda tivemos uma excelente aceitação do público. Temos demonstrado aos gestores públicos que o A12BR consegue trabalhar uma média de 15 horas continuamente, com elevado nível de desempenho”.

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Sair da versão mobile