CCR promove treinamento inédito com simulação de resgate de vítimas presas em ônibus

A CCR Rodovias realiza nos dias 29 e 30 de novembro a primeira edição do Treinamento de Salvamento Veicular Pesado em Ônibus, uma capacitação inédita dentro da companhia que simula o resgate de vítimas presas em ferragens de veículos. A iniciativa tem por objetivo qualificar as equipes de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) – popularmente conhecidas como resgate – em ocorrências dessa natureza, mais complexas e que envolvem conhecimentos específicos.

O município de São Roque, no interior de São Paulo, foi escolhido para sediar o treinamento, que vai contar com a participação de mais de cem profissionais de todas as unidades da companhia espalhadas pelo país. Os participantes terão a oportunidade de conhecer equipamentos de última geração, como é o caso das catch e lift bags, usadas para o destombamento de veículos pesados.

Diversas técnicas de salvamento serão abordadas nos dois dias de treinamento. Entre elas figuram os procedimentos para a elevação, destombamento e estabilização de veículos de grande porte, além das ações voltadas às vítimas, como triagem, posto de comando, sistema de comando de operações de emergência e técnicas de desencarceramento.

Para dar mais fidelidade aos treinamentos, seis ônibus serão usados pelos profissionais da CCR Rodovias. “Nossa prioridade é manter as equipes treinadas e, por isso, precisamos estar sempre preparados para lidar com os mais variados tipos de ocorrências, das mais corriqueiros até as de grandes proporções”, explica Juliano Roque de Souza, gerente de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) da CCR Rodovias.

Os treinamentos serão divididos em duas partes: durante a manhã serão realizados os estudos teóricos e durante a tarde, os práticos. As atividades contarão com colaboradores de APH dos estados de São Paulo (CCR AutoBAn, CCR ViaOeste, CCR SPVias, CCR RioSP, CCR RodoAnel e Renovias), Rio Grande do Sul (CCR ViaSul), Rio de Janeiro (CCR ViaLagos e ViaRio), Santa Catarina (CCR ViaCosteira) e Mato Grosso do Sul (CCR MsVia).