Jundiaí: Estudos indicam mais rapidez em linhas de ônibus com faixa exclusiva na Avenida Jundiaí

Após dois dias de estudos para implantação da faixa exclusiva de ônibus, na Avenida Jundiaí, os primeiros dados apontam mais rapidez em algumas linhas de ônibus que trafegam pela via. O maior exemplo é a linha 526 Parque dos Ipês – Centro. Segundo a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT), durante os dias de avaliação, o ônibus demorou apenas cinco minutos do início da via até o cruzamento com a Avenida Doutora Manoela Lacerda de Vergueiro. Sem o corredor, a mesma linha percorreu o mesmo trajeto em 15 minutos.

“Devido ao maior tempo de trajeto, a linha passou a apresentar atrasos subsequentes. Calculamos um tempo superior aos 10 minutos de atraso em relação à tabela de horários ideal”, comenta o diretor de Transportes da UGMT, Leslie Tealdi Litano.

Vale dizer que todas as avaliações estão sendo feitas e discutidas com os moradores, empreendedores, motoristas e passageiros de ônibus, para a definição conjunta das melhores ações para a facilitação do transporte. Há previsão para estudos em novas vias arteriais do município.

“A Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte realiza os estudos com base no Plano Municipal de Mobilidade. A intenção é discutir com a comunidade formas de trazer melhorias ao trânsito e ao transporte público, reduzir tempo de deslocamento e trazer mais qualidade de vida à população”, explica o gestor da UGMT, Aloysio Queiroz.