Metrô rejeita proposta e encerra leilão de naming rights da estação Brigadeiro

O Metrô de São Paulo realizou mais um leilão de “naming rights” de uma de suas estações, mas, apenas uma empresa se mostrou interessada no certame.

Apesar do interesse da DSM – Digital Sports Multimedia em arrematar os naming rights da estação Brigadeiro, o Metrô se mostrou exigente com a oferta dada e encerrou o leilão.

A empresa ofereceu um valor de R$ 40 mil por mensalidade, já que contou com a ausência de outros concorrentes. O Metrô então partiu para a negociação, tendo a DSM oferecendo uma proposta máxima de R$ 130 mil.

O Metrô recusou a oferta e encerrou o leilão.

Na quarta-feira, dia 17 de agosto, será realizado o leilão dos naming rights da estação Clínicas pela segunda vez, o anterior fracassou.