Motoristas de ônibus e ciclistas trocam de lugar em ação do Maio Amarelo

66
Inversão
Foto: Divulgação/Transcap

Em mais uma ação da SPTrans durante o Maio Amarelo – Atenção pela Vida, motoristas de ônibus do Sistema Municipal de Transporte Coletivo e ciclistas que pedalam na Cidade Universitária da USP e em outros pontos da cidade de São Paulo participaram da atividade Inversão de Papéis, na quinta-feira (26/05).

“O Maio Amarelo é uma campanha para a gente reduzir o número de vítimas e de acidentes na cidade. Hoje temos 6,5 pessoas por 100 mil habitantes que sofreram acidente de trânsito na cidade e que vão para óbito. Temos no nosso plano de metas reduzir isso para 4,5 mil habitantes e, para isso, uma série de ações é fundamental, inclusive essa de hoje”, destacou o prefeito da cidade de São Paulo.

A ação, que busca estimular o ponto-cego posicionado ao redor dos ônibus da cidade da frota de São Paulo.

Houve uma dinâmica, enxergarem em que os ciclistas convidam a um banco do motorista para compreender a visão que se tem do entorno do ônibus, desta forma, eles têm dificuldade que esses profissionais têm de vivenciar os pontos-cegos, áreas em que os pontos-cegos não há plena visibilidade. Já os motoristas de ônibus subiram em bicicletas estáticas para ter a experiência real de um ciclista no trânsito.

“Assim que disponibiliza os ônibus para podermos esta operação de empresas e difundir entre os 12 mil ônibus que circulam na cidade a conscientização dos motoristas com relação a essa questão da visibilidade que o ônibus acaba tendo quando passar por um cliclista”, reforçou o prefeito.

A ação é realizada pela SPTrans desde 2017 a fim de destacar a importância de haver harmonia entre os modais de transporte da cidade, por meio da experiência de enxergar a realidade sob a perspectiva do outro, estimulando a empatia e respeito.

Deixe seu comentário