Greve no Metrô de Belo Horizonte já dura 15 dias

189
Foto: João Godinho

A greve no Metrô de Belo Horizonte completou 15 dias nesta segunda-feira, dia 04 de abril de 2022.

Os trens operam somente fora dos horários de pico, entre 10h e 17h, descumprindo uma decisão judicial que termina as operações nos horários de pico e prevê multa diária estipulado no valor de R$ 30 mil.

A categoria é contra a Resolução 206 do Conselho do Programa de Parceria de Investimentos (CCPI), que prevê a desestatização do metrô e impede a transferência dos funcionários da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU-BH) para outras localidades onde a estatal opera.

O Governo Federal pretende conceder a CBTU de Belo Horizonte ainda no primeiro semestre de 2022.

Uma linha de ônibus emergencial foi criada para atender os passageiros, no entanto, há registros de superlotação.

Com 15 dias de greve, a multa ao sindicato já está no valor de R$ 450 mil.

Deixe seu comentário