3M anuncia programa mundial para melhorar segurança viária e visibilidade de pedestres em zonas escolares

O programa atenderá 28 áreas escolares localizadas na América Latina. Ao todo, serão 100 escolas em 23 países

60
Foto: Divulgação/3M

Os acidentes de trânsito são considerados a principal causa de morte entre crianças de cinco anos ou mais em todo o mundo, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDE) dos Estados Unidos. Nesse contexto, e com o objetivo de proteger a vida dos pedestres mais vulneráveis, a 3M, empresa que melhora a vida das pessoas em todo o mundo, anunciou seu compromisso de aumentar a segurança e a visibilidade em 100 zonas escolares em 23 países até 2024.

As vias com problemas de conservação, a falta de faixas para pedestres, além da baixa visibilidade que existe em algumas regiões escolares, colocam os pedestres mais jovens em risco ao irem e virem da escola, caminhar ou andar de bicicleta. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a taxa de incidentes aumentou drasticamente nos países em desenvolvimento e em comunidades de baixa renda.

Por essa razão, a 3M identificou urgentemente a importância de abordar esses tipos de situações e a necessidade de zonas escolares mais seguras. De acordo com o estudo recente sobre segurança viária (2021), encomendado pela companhia e realizada pela consultoria Morning Consulting em 11 países do mundo, incluindo o Brasil, com 22 mil pessoas, 36% dos latino-americanos estão muito preocupados com o transporte e a segurança no contexto de “crianças a caminho da escola”.

“Na 3M, estamos comprometidos em melhorar as zonas escolares, pois estamos convencidos de que todas as crianças merecem a oportunidade de ter uma boa educação, e chegar à escola não deve ser uma barreira. Portanto, trabalharemos lado a lado com ONGs e órgãos governamentais nos próximos dois anos para melhorar a segurança em diferentes áreas escolares e, com isso, desenvolver um modelo que possa ser replicado para outras comunidades, o que nos permitirá criar caminhos mais seguros para todas as crianças”, afirma Paula Abreu, responsável pelas relações governamentais da área de segurança no trânsito da 3M, para a América Latina.

Nessa linha, a empresa realizará implementações em 28 zonas escolares da América Latina para melhorar a segurança viária e a visibilidade dos pedestres, envolvendo o Brasil, Argentina, Colômbia, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai, e já desenvolveu parcerias na região com associações e instituições, incluindo o Programa Internacional de Avaliação Rodoviária (iRAP).

Colaboração com a comunidade

Há mais de oito décadas, a Divisão de Transporte e Segurança Viária da 3M trabalha com a missão de promover e impulsionar a infraestrutura de transporte e a mobilidade em todo o mundo. Isso tem sido possível graças ao desenvolvimento de soluções e tecnologias de alto desempenho, como películas retrorrefletivas grau diamante para sinalização de zona escolar, bem como fitas de demarcação de pavimentos, que contribuíram para melhorar a visibilidade de motoristas e pedestres, e que tem ajudado as famílias a voltar para casa com segurança.

Da mesma forma, e tendo como premissa que a tecnologia e a inovação são elementos necessários para maior segurança viária, a 3M continua a trabalhar lado a lado com comunidades, lideranças e governos, legisladores, ONGs e outras organizações para contribuir para mudanças e possibilitar sistemas rodoviários mais seguros em todo o mundo.

Por outro lado, e como membro do Pacto Global das Nações Unidas, a empresa está convencida do papel desempenhado pelas parcerias público-privadas para resolver os problemas que mais preocupam a sociedade, como a segurança no trânsito. Por meio desse tipo de ação, a 3M participa da Década de Ação para a Segurança no Trânsito 2021-2030 da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, que visa prevenir pelo menos 50% das mortes e lesões geradas por acidentes de trânsito até 2030.

Deixe seu comentário