Startup brasileira Quicko é adquirida por MaaS Global

Empresa da mobilidade finlandesa entra na América Latina ao adquirir player do Brasil

174
Quicko Global
Foto: Divulgação

A finlandesa MaaS Global, principal plataforma de mobilidade como serviço (Mobility as a Service – MaaS) do mundo e a empresa por trás do premiado aplicativo Whim, acaba de adquirir a Quicko, startup brasileira de mobilidade urbana – líder em MaaS no país. A partir de agora, Whim e Quicko juntas têm a missão de transformar o setor de transporte global, desenvolvendo uma mobilidade sustentável e conveniente nas cidades como alternativa ao uso do carro particular.

“Vemos uma grande oportunidade para dar um grande salto de sustentabilidade no Brasil. Historicamente, o número de carros particulares aumentou junto com o padrão de vida. Acreditamos que o Brasil pode dar um salto digital, pular o estágio de propriedade do carro e levar os brasileiros direto para os serviços MaaS. Isso melhoraria o bem-estar das pessoas, resolveria os problemas de tráfego das cidades e forneceria uma maneira eficiente de reduzir as emissões de CO2. Como afirma o mais recente relatório do IPCC*, já estamos vivenciando os impactos das mudanças climáticas, o que torna ainda mais urgente a necessidade de ação. Junto com a Quicko, queremos proporcionar aos brasileiros uma liberdade de mobilidade, mais justa e sustentável do que a posse de um carro”, diz Sampo Hietanen, CEO e fundador da MaaS Global.

O aplicativo Whim é a primeira solução completa de MaaS disponível no mercado mundial e atualmente presente em várias regiões de países europeus e asiáticos. Já no Brasil, a Quicko possui um grande número de usuários que poderão ser rentabilizados mais rapidamente com a tecnologia Whim. A aquisição permite que a MaaS Global ganhe uma presença valiosa na América Latina ao lado de um parceiro brasileiro relevante.

No segundo semestre de 2021, o player finlandês arrecadou US$33 milhões – o equivalente a cerca de R$ 170 milhões – da BP Ventures, Mitsubishi Corporation e Nordic Ninja. Agora, a MaaS Global dá um grande passo em sua estratégia de crescimento ao entrar em um dos maiores mercados de mobilidade do mundo, onde a maioria de sua população de 212 milhões de pessoas (quase 40 vezes a da Finlândia) depende de soluções de transporte que não incluem carros particulares. Globalmente, o setor é muito promissor, com a projeção da Juniper Research de crescer 900% nos próximos 5 anos, chegando a US$ 53 bilhões em receita até 2027. Soluções nessa área também podem impedir a emissão de 14 milhões de toneladas de carbono até 2025.

Com mais de 500 mil usuários, a Quicko atua em 8 regiões metropolitanas brasileiras e em mais de 100 cidades. Em um único aplicativo, a Quicko reúne todas as informações para um deslocamento mais eficiente: desde informações em tempo real da situação do transporte, sugestões das melhores rotas, oferecendo diferentes combinações de modais. Sempre buscando colocar o usuário no centro da mobilidade, a Quicko – que triplicou seu GMV no ano passado e viu sua base de usuários crescer quinze vezes em um momento em que o número total de viagens de transporte público caiu no Brasil, à medida que o distanciamento social estava em vigor no país – também inclui integração total de pagamentos oferecendo aos usuários a possibilidade de compra de créditos via Pix e cartão de crédito, garantindo a melhor gestão com os gastos de transporte.

“Estamos muito animados para unir forças com a MaaS Global em uma ambiciosa estratégia global para melhorar a experiência de mobilidade das pessoas. A Quicko têm tido sucesso em crescer em grandes cidades brasileiras impactando centenas de milhares de pessoas todos os meses. Há uma enorme oportunidade para MaaS à nossa frente em áreas em todo o país e no continente. Estamos confiantes de que juntos vamos conseguir aproveitá-la melhor, criar mais valor para os nossos clientes e mudar comportamentos de viagem mais rapidamente”, afirma Pedro Somma, CEO da Quicko.

A Quicko é investida pelo Grupo CCR e pela J2L Partners, que se tornarão acionistas da MaaS Global. O Grupo CCR, uma das maiores empresas de infraestrutura do Brasil, está investindo na mobilidade urbana como forma de garantir o desenvolvimento social e econômico das grandes cidades.

“A inovação é um elemento-chave na estratégia da CCR de liderar a infraestrutura de mobilidade humana onde atuamos. Fomos a primeira empresa de metrô a operar trens autônomos na América Latina, por exemplo. Investir na Quicko nos permitiu aprimorar ainda mais as experiências de nossos clientes e fazer parte do ecossistema de tecnologia no Brasil. Estamos confiantes de que este negócio ampliará o impacto da Quicko e da CCR na inovação em todo o mundo e nos inspira a continuar investindo na transformação da experiência das pessoas”, afirma Gustavo do Canto Lopes, Diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios da CCR.

“Com esta transação alcançamos escala global, aprimoramos nossa capacidade tecnológica e nosso modelo de negócios ao mesmo tempo em que nos alinhamos às melhores estratégias e práticas dos players globais de mobilidade urbana. Desde a fundação da Quicko, trabalhamos muito para melhorar significativamente a oferta e a qualidade dos serviços prestados aos nossos clientes e estamos agora a dar mais um passo nesse sentido. Incorporar inovações tecnológicas e aumentar nossa capacidade de investimento favorece um movimento de crescimento que pode ser exponencial para o nosso negócio”, afirma Líbano Barroso da J2L.

Deixe seu comentário