24.5 C
São Paulo
domingo, fevereiro 25, 2024

Departamento Hidroviário de SP anuncia a retomada da navegação na hidrovia Tietê-Paraná

O Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo anunciou para o dia 15 de março a retomada da navegação na Hidrovia Tietê-Paraná. A navegabilidade acontecerá de forma gradativa, com calado inicial de 2,40 metros, e a previsão é que atinja a forma plena até o final do mês de março.

O trecho mais atingido por conta da falta de chuva na região, desde agosto do ano passado, foi o do pedral de Nova Avanhandava, em Buritama – entre Pederneiras (SP) e São Simão (GO), e por onde normalmente são escoadas as produções agrícolas para os reservatórios de Três Irmãos e Ilha Solteira. “A navegabilidade plena da hidrovia reforça a logística e a movimentação de cargas em São Paulo, e desenvolve a economia nacional”, afirma João Octaviano Machado Neto, secretário estadual de Logística e Transportes.

Para o diretor geral do DH, José Manoel de Oliveira Reis, inicialmente, será possível navegar com calado (distância entre a ponta do casco e o nível da água) de 2,40 metros. “Progressivamente vai aumentar até 31 de março, quando será possível navegar com o calado normal de 2,70 metros”, disse.

A decisão foi tomada após reunião entre representantes do DH, órgão da SLT (Secretaria de Logística e Transportes), da SIMA (Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo), do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), da ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), do Ministério da Infraestrutura e da Casa Civil da Presidência da República.

A hidrovia Tietê-Paraná chegou a ter 10 comboios operando, de um total de 24 que funcionavam de janeiro a maio de 2021. Crises hídricas como a que estamos superando afetam diretamente o transporte da produção agrícola do Brasil. “É por isto que a Secretaria de Logística e Transportes entende que é importantíssimo mudar a matriz energética do país para diminuir a dependência das hidroelétricas”, emenda João Octaviano.

Produções agrícolas

Pela hidrovia são escoadas as produções agrícolas para os reservatórios de Três Irmãos e Ilha Solteira com destino a São Simão (e vice-versa). Dos 2.400 km de extensão de toda a hidrovia Tietê-Paraná, 800 km estão no Estado de São Paulo.

O Governo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento Hidroviário, tem investido na hidrovia com o objetivo de ampliar os canais de navegação e dar mais agilidade no transporte de cargas. Insistiu ainda nas tratativas com o ONS e outros órgãos envolvidos para garantir a retomada da navegação na hidrovia o mais rápido possível.

Níveis recordes

Antes da paralisação do pedral de Nova Avanhandava, em Buritama, a hidrovia Tietê vinha transportando níveis recordes da produção agrícola brasileira, principalmente de soja e milho. Em 2020, somou 2,1 milhões de toneladas de cargas transportadas, mesmo com a pandemia. No ano anterior (sem Covid-19), a movimentação foi de 2,5 milhões de toneladas no trecho de São Paulo, administrado pelo DH.

A hidrovia integra um grande sistema de transporte multimodal, apresentando-se como alternativa de corredor de exportação, conectando seis dos maiores Estados produtores de grãos: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Paraná. As principais cargas que opera são: milho, soja, óleo, madeira, carvão, cana de açúcar e adubo.

O Governo do Estado de São Paulo está concluindo as obras para implantação do canal de montante da eclusa de Ibitinga, com investimento de quase R$ 10 milhões, e o desassoreamento, derrocamento e ampliação de vãos de pontes, manutenção e implantação da sinalização náutica, o que promove mais segurança da navegação fluvial.

Deixe seu comentário

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Mobilidade Sampa
    Mobilidade Sampahttps://mobilidadesampa.com.br
    O Mobilidade Sampa produz conteúdo sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadesampa.com.br.

    ÚLTIMOS POSTS

    SIGA-NOS

    6,317FollowersFollow
    28,236FollowersFollow
    439SubscribersSubscribe
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS