GWM anuncia criação de cem pontos de recarga elétrica em São Paulo

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (16/03) a implantação de cem pontos de recarga para veículos elétricos e híbridos nos principais municípios de São Paulo pela montadora chinesa GWM. O anúncio faz parte do investimento de R$ 10 bilhões que a empresa está fazendo na produção de veículos 100% eletrificados em sua nova fábrica em Iracemápolis, na região de Campinas.

“Esse anúncio de R$ 10 bilhões da maior montadora de veículos da China está relacionado à produção de veículos 100% eletrificados no interior de São Paulo. Inicialmente, essa fábrica vai gerar 2 mil empregos de curto prazo”, disse Doria.

“Os cem pontos de recarga serão instalados nas principais cidades de São Paulo como suporte fundamental para os compradores dos cem mil veículos eletrificados que a montadora chinesa vai produzir por ano em São Paulo”, completou.

A futura rede de recarga da GWM será alimentada na maioria dos casos por meio da instalação de placas fotovoltaicas. Na primeira fase, os pontos de abastecimento serão distribuídos pelas principais cidades do estado, mas a segunda etapa prevê a inauguração de eletropostos fora de São Paulo nos próximos anos. A criação da rede será feita por parcerias locais e operação direta.

Os equipamentos de recarga serão montados nos pontos de venda e serviços da GWM, onde o carregamento será gratuito e estará disponível para veículos eletrificados de qualquer modelo ou fabricante. Também serão instaladas estações de recarga em estabelecimentos comerciais de grande circulação, como estacionamentos, shoppings e supermercados.

O projeto de desenvolvimento da GWM contempla ainda a formação de uma rede de parceiros, fornecedores e startups que vão ajudar a desenvolver o ecossistema de eletrificação no Brasil. O objetivo é cadastrar e capacitar empresas que possam colaborar no desenvolvimento de tecnologias de mobilidade sustentável baseadas em energia limpa, renovável e de baixo custo, contribuindo para a descarbonização da frota brasileira.

“À medida que a GWM desenvolve seu projeto de instalação no Brasil, agregamos novos aspectos que garantirão o sucesso de nossos produtos e nossa marca. A desmistificação da eletromobilidade é essencial para apoiar os consumidores na decisão de mudar para um novo paradigma de propulsão. É nesse sentido que se encaixa o projeto de aumentar os pontos de carregamento para veículos eletrificados”, afirmou Pedro Bentancourt, CRO da empresa.

Veículos eletrificados

Maior empresa automotiva chinesa de capital 100% privado, a GWM investirá mais de R$ 10 bilhões no Brasil nos próximos dez anos para dar início à fabricação e comercialização de SUVs e picapes 100% eletrificados. A produção dos veículos será feita na fábrica em Iracemápolis, com previsão de atingir uma capacidade instalada de 100 mil veículos por ano e gerar 2 mil empregos diretos até 2025.

A GWM terá no Brasil sua maior base de produção fora da China para se tornar um centro de exportação para a América Latina e ajudar a desenvolver o mercado brasileiro, oferecendo tecnologia eletrificada e inteligente em seus produtos em uma fábrica completamente modernizada, além de estimular a indústria local de fornecedores com a nacionalização de componentes. A InvestSP está apoiando a empresa na implantação da unidade fabril, com assessoria na área tributária, de meio ambiente e de relações institucionais.