Acidentes com motos caem em Campinas nos primeiros meses da Campanha 3Rs

Lançada pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e Secretaria Municipal de Transportes (Setransp) em 4 de novembro de 2021, a campanha de segurança viária 3Rs (Respeite, Repense, Reduza) coincide com um período de redução dos acidentes de trânsito envolvendo motocicletas nas vias municipais, de 1º de novembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022.

Não houve atropelamentos fatais por motos de novembro de 2021 a janeiro de 2022. Já no trimestre anterior, de 1º de agosto a 31 de outubro de 2021, quando a campanha ainda não havia sido lançada, ocorreram 5. Os atropelamentos não fatais se mantiveram estáveis, sendo 10 nos dois trimestres comparados.

Os demais acidentes de trânsito com vítimas fatais que tiveram motos envolvidas caíram de 11 para 9, uma queda de 18,2%. Quanto aos acidentes com vítimas não fatais, foram 175 nos três meses anteriores e 150 nos três meses seguintes, declínio de 14,3%. E os acidentes sem vítimas variaram de 26 para 22, decréscimo de 15,4%.

Na totalização dos acidentes com motos (sem vítimas, com vítimas, com vítimas fatais, atropelamentos e atropelamentos fatais), redução de 15,9%, passando de 227 (agosto, setembro e outubro de 2021, somados) para 191 (novembro e dezembro de 2021 e janeiro de 2022).

“A 3Rs se baseia em três eixos: respeitar a sinalização, repensar comportamentos e reduzir a velocidade”, explica o presidente da Emdec, Vinícius Riverete. “Estes números são promissores e indicam o engajamento de toda a sociedade em defesa da vida no trânsito, mas a meta é zerar as mortes e lesões envolvendo motociclistas”.

Foram utilizados, para tanto, quatro painéis e dezenas de faixas com mensagens educativas, instalados em pontos estratégicos da cidade. Pontos de ônibus também receberam painéis da campanha, nos chamados MUPIs – Mobiliários Urbanos para Informação. A Emdec afixou, ainda, cartazes de divulgação em diversos estabelecimentos.

Educadores da empresa fizeram abordagens e blitze de conscientização, trabalhando fatores de risco e pilotagem segura. Também houve veiculações em rádio e redes sociais da Administração municipal.

Ainda no contexto da iniciativa, a Emdec e Setransp implantaram áreas de acomodação para motocicletas em importantes cruzamentos do município. Este espaço exclusivo melhora a dinâmica entre os veículos na espera e na abertura dos semáforos. As motos ficam mais visíveis, e as travessias mais protegidas. As ações educativas nestes locais já se tornaram um programa permanente de educação para a mobilidade.

Área de acomodação para motos
Logo da campanha

Detalhes sobre as estatísticas

Os dados dos acidentes não fatais são da Divisão de Controle Operacional da Emdec. Já as ocorrências fatais se baseiam em registros da Emdec e das delegacias da Polícia Civil, do Instituto Médico Legal (IML) e da Secretaria Municipal de Saúde.

Os atropelamentos (fatais e não fatais) ficam separados das estatísticas dos demais acidentes.

Saiba mais

A Campanha 3Rs segue em andamento. Os detalhes podem ser acessados no site da Emdec.

A mobilização é apoiada pelos órgãos que integram o Comitê de Análise de Acidentes do Observatório Municipal do Trânsito: Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) da Secretaria Municipal de Saúde; Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); Corpo de Bombeiros; Polícias Militar e Rodoviária; Comando de Policiamento do Interior II; Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo; Liga do Trauma da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Hospital Municipal “Doutor Mário Gatti”; Hospital e Maternidade “Doutor Celso Pierro”; e as concessionárias Rota das Bandeiras, CCR AutoBAn, AB Colinas e Rodovias do Tietê.

Também foi lançada recentemente pela Emdec e Setransp, em 25 de fevereiro de 2022, uma campanha de segurança viária específica para a Avenida John Boyd Dunlop, a JBD: Morte Zero no Trânsito.

Acesse informações gerais sobre a educação de trânsito da Emdec e Setransp no site da Emdec.