89% dos motoristas de aplicativos aprovam ações sociais contra a Covid-19 no setor

A partir de ações para combater a Covid-19 nos últimos dois anos, a 99, em parceria com o Núcleo de Pesquisa em Filantropia da Fundação José Luiz Egydio Setúbal (FJLES), divulgou uma pesquisa exclusiva que mensura o efeito de suas iniciativas. O levantamento reforça a importância de ações sociais em meio à crise sanitária e econômica mundial, causada pela pandemia, e como o setor privado pode e deve ser atuante para levar mais acesso e segurança para a população em vulnerabilidade.

98% dos passageiros beneficiados avaliaram as iniciativas como “muito boas” ou “boas”, enquanto 89% avaliaram como “muito positivo” ou “positivo” o impacto causado pela 99 para o dia a dia. Entre os motoristas beneficiados, os números também são positivos, entre 89% e 86%, respectivamente. Os números refletem que, em meio a um cenário de crise sanitária e econômica, ações como a doação de vouchers são bem-vindas, impactando positivamente na obtenção de renda para os motoristas parceiros, além de fornecer mais segurança para os passageiros.

Além disso, tanto entre os passageiros (44%) quanto os motoristas (42%), há um consenso de que a 99 e outras companhias do setor “contribuem totalmente” para a sociedade, levando segurança e economia.

Participaram da pesquisa motoristas e passageiros beneficiários ou não de alguma ação da 99.

“Pesquisas como a realizada na parceria entre a 99 e a FJLES são importantes para o fortalecimento das doações no Brasil. Conseguimos identificar como as ações de doação da 99 durante a pandemia são bem avaliadas, especialmente por aqueles motoristas e passageiros que foram beneficiados”, afirma Marcos Paulo de Lucca Silveira, coordenador do Núcleo de Pesquisa em Filantropia da FJLES.

Iniciativas contra a Covid-19

A 99 tem um compromisso com o Brasil que vai além da tecnologia e mobilidade urbana. Agora, quase dois anos desde o início da pandemia, a empresa divulga o balanço de ações realizadas para minimizar os impactos negativos gerados na sociedade, bem como alavancar novas oportunidades de renda para os motoristas parceiros.

Em 2020, para priorizar a saúde e segurança dos parceiros e dos usuários, a 99, por meio do fundo internacional da Didi, disponibilizou US$ 10 milhões para iniciativas contra a Covid-19. Entre elas estão:

  • Fundo de apoio financeiro a motoristas e entregadores parceiros diagnosticados com a doença;
  • Pacote de Segurança: Sanitização dos carros certificada pela Anvisa; distribuição de 550 mil máscaras e álcool em gel; instalação de escudos de proteção (barreiras plásticas que separam motorista e passageiro);
  • Ferramenta de inteligência artificial para identificar o uso de máscara pelos motoristas;
  • Comunicação sobre prevenção, orientações e informações sobre a doença, com a participação de especialistas;
  • Parceria com o Sírio Libanês para estabelecer protocolos de segurança validados com selo de segurança ABNT.

Seguindo com o objetivo de levar a maior contribuição possível para os parceiros, a 99 doou 4 milhões de corridas destinadas ao transporte de profissionais da saúde na linha de frente do combate ao vírus, com 100% dos ganhos repassados a motoristas parceiros. O montante também foi usado para apoiar outros deslocamentos afetados pela pandemia, como:

  • Transporte de mães puérperas e seus recém-nascidos de volta pra casa com segurança;
  • Distribuição de remédios para idosos;
  • Subsídio de corridas para ir e voltar de hemocentros para doação de sangue;

Em 2021, a 99 seguiu apoiando as necessidades locais de combate à pandemia, com foco nas campanhas de vacinação. Foram R$ 4 milhões destinados a governos municipais, resultando em 284 mil corridas para que as pessoas – muitas em situação de vulnerabilidade social – conseguissem ir e voltar dos centros de vacinação em segurança.