Carro novo ainda é o sonho de consumo do brasileiro

Pesquisa revela que 61,4% das pessoas trocariam de automóvel se tivessem R$ 70 mil à disposição

68
Carro Toyota
Foto de Maxim Mushnikov por Unsplash

O carro, sem dúvida, continua sendo o grande sonho de consumo do brasileiro. Pesquisa realizada pela HSR-Route Automotive mostra que 61,4% dos entrevistados, todos já com pelo menos um carro na garagem, trocariam de automóvel se tivessem R$ 70 mil à disposição.

A pesquisa da HSR-Route Automotive foi realizada nas nove principais regiões metropolitanas do país. Foram ouvidas 575 pessoas (52% homens e 48% mulheres) com mais de 18 anos.

Com R$ 70 mil extras, a opção “compraria ou trocaria de carro” só fica atrás da alternativa “investiria ou colocaria no banco em aplicações” (78%), mas à frente das respostas “pagaria dívidas minhas ou de familiares (45,8%)”, “viajaria a lazer” (45,2%) e “faria um curso de aperfeiçoamento” (25,5%). À pergunta “o que você faria caso tivesse R$ 70 mil”, o entrevistado podia dar três respostas.

Dentre os segmentos que os entrevistados optariam na troca estão: Sedan (33,6%), SUV (32,1%), Hatch (14,4%) e Pickup (8,2%). Atualmente, os segmentos dos carros dos entrevistados se distribuem assim: Sedan (39,5%), Hatch (31,3%), SUV (16,6%) Smart (4,8%), Pickup (3,6%) e Minivan (2,3%). 73,4% dos entrevistados prefeririam um carro novo a um usado. Ainda de acordo com a pesquisa, 37% dos entrevistados vão ou devem trocar nos próximos três anos.

“Além de ser um meio individual e bastante seguro, o carro é extremamente versátil, já que é possível utilizá-lo para o trabalho, o estudo e o lazer. Outra modalidade que vem ganhando cada vez mais destaque é o serviço de assinatura”, avalia o diretor da HSR-Route Automotive, Wladimir Molinari.

Mas, quais os fatores determinantes na hora da compra ou troca do carro? De acordo com o levantamento da HSR-Route Automotive, são, pela ordem: preço (18,6%), custo e benefício (13,8%), itens de segurança (11,5%), economia de combustível (9,6%), marca (7,6%), custo de manutenção (5,1%), tempo de garantia (5%), itens de conforto (4,9%), valor de revenda (4,7%) e espaço interno (3,2%).

Sobre a HSR-Route Automotive

Formada por uma equipe de especialistas, a HSR-Route Automotive acompanha o mercado automotivo há mais de 20 anos, conduzindo estudos qualitativos e quantitativos para grande parte das montadoras do País, aqui no Brasil e em toda América Latina.

Deixe seu comentário