CPTM dá início às obras do túnel da estação da Luz

Para melhorar a fluidez nos horários de maior movimento, novo túnel irá desafogar a integração da CPTM com o Metrô

49
Foto: Divulgação/Secretaria dos Transportes Metropolitanos

A CPTM deu início na terça-feira, dia 14 de setembro de 2021, às obras de construção do túnel de ligação entre as linhas da Companhia e o Metrô. A cerimônia de assinatura contou com a presença do secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, e o presidente da CPTM, Pedro Moro.

O investimento na execução da obra é de R$ 59,9 milhões e quando estiver concluída vai beneficiar todos os passageiros do sistema metroferroviário que utilizam a estação da Luz para fazer as conexões com as linhas 7-Rubi e 11-Coral da CPTM e as linhas 1-Azul, operada pelo Metrô e 4-Amarela, operada pela concessionária ViaQuatro.

“Temos o compromisso de melhorar a mobilidade das pessoas dentro do sistema e sempre melhorar a segurança nos deslocamentos. Essa obra é a prova de que a gestão pública bem feita pode oferecer um serviço de transporte público de qualidade”, afirma o secretário Alexandre Baldy.

Com prazo previsto de entrega de 48 meses, sendo 36 meses para construção e 12 meses para operação assistida, o novo túnel terá início no entroncamento entre o saguão 2 da estação da Luz e o acesso atual na Rua Cásper Líbero. A obra irá desafogar a parte inferior da estação na ligação com as linhas 1-Azul e 4-Amarela, principalmente nos horários de maior movimento.

Pelo local devem passar por dia, em média, 250 mil passageiros e o novo túnel está projetado para atender com conforto esse número de pessoas, uma vez que foi dimensionado com base em estudos de demanda, tendo 125 metros de extensão e nove de largura.

“O novo acesso vai oferecer mais rapidez nas conexões entre linhas aos milhares de passageiros que passam todos os dias pelas transferências. Com a melhoria contínua dos serviços, podemos atrair novos adeptos para o transporte público sobre trilhos, favorecendo a mobilidade dentro e fora do sistema de trens”, constata o presidente da CPTM, Pedro Moro.

  • Túnel Luz

Acessibilidade e conforto

O espaço vai ganhar uma nova configuração para oferecer conforto, segurança e rapidez no trajeto entre linhas. Na plataforma central está prevista a instalação de duas novas escadas rolantes, substituindo as duas escadas fixas existentes no local, que serão construídas em outra área. O projeto também prevê a readequação dos sanitários existentes no mezanino do corredor principal e a construção de mais dois sanitários totalmente acessíveis.

Além disso, será construído um novo acesso à CPTM na Rua Cásper Líbero, ao lado da entrada da Linha 4-Amarela. As atuais entradas, na mesma rua, serão fechadas já durante as obras.

O projeto de construção e adequação do local com toda acessibilidade será feito pelo consórcio construtor vencedor da licitação, composto pelas empresas Castilho Engenharia e Empreendimentos, Heleno & Fonseca Construtécnica, VAD Engenharia e Empreendimentos e HHTEC comércio e serviços.

Durante as obras, todas as atividades serão feitas para ter o menor impacto possível aos passageiros. As intervenções necessárias para alteração de fluxo nos deslocamentos serão informadas com antecedência.

Deixe seu comentário