Reunião entre governo estadual e Prefeitura de Itanhaém discute projeto de concessão da rodovia Padre Manoel da Nóbrega

Prefeito Tiago Cervantes reforçou a posição contrária ao projeto, solicitou a suspensão do edital e a abertura de diálogo entre a ARTESP e Prefeitura de Itanhaém

145
Reunião Governo Itanhaém
Foto: Divulgação/Prefeitura de Itanhaém

O prefeito de Itanhaém, Tiago Cervantes, foi recebido em audiência pelo vice-governador, Rodrigo Garcia, no início de agosto, no Palácio dos Bandeirantes. Em pauta, a modelagem da concessão da rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055) elaborada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) que prevê a instalação de praça de pedágio na cidade. Cervantes reforçou a posição contrária ao projeto, solicitou a suspensão do edital e a abertura de diálogo entre a agência e a Prefeitura.

Um relatório foi entregue ao vice-governador apontando falhas no projeto que podem provocar prejuízos ao sistema viário e no deslocamento interno da população. “Nos moldes atuais, além de ser injusto taxar a população pela utilização da rodovia, o projeto poderá prejudicar o crescimento ordenado, provocar segregação social e inibir a mobilidade urbana, disse Cervantes.

O vice-governador, responsável pelo programa de concessões do Governo do Estado de São Paulo, acolheu os apontamentos da Prefeitura e abriu caminho para uma reavaliação do projeto junto à Agência de Transporte do Estado de São Paulo. “Estamos esperançosos para que nos próximos dias tenhamos boas notícias para a cidade de Itanhaém”, afirmou o prefeito.

MONITORAMENTO

Uma comissão intersetorial da Prefeitura foi criada para monitorar o processo de concessão da estrada. O prefeito se reúne diariamente com seus assessores nas áreas de mobilidade, trânsito e desenvolvimento urbano para acompanhar os desdobramentos. O prefeito também intensificou a agenda com vereadores, representantes de entidades e lideranças comunitárias para atualizar informações.

Participaram da audiência o vice-prefeito, Rodrigo Dias, o ex-prefeito e atual coordenador geral do programa Vale do Futuro, Marco Aurélio Gomes, e o secretário de Obras, Vinícius Camba.

Deixe seu comentário