Quais linhas da CPTM estão de greve nesta terça-feira, dia 24?

276
Entrega Trem
Foto: Divulgação/CPTM

Quais linhas da CPTM estavam de greve nesta quinta-feira, dia 24 de agosto de 2021? Veja as informações neste post.

Em função da greve dos ferroviários, apenas as linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM estavam com a operação afetada nesta terça-feira.

A Linha 11-Coral operava parcialmente entre as estações Luz e Guaianases, com intervalo de 8 minutos. No trecho entre as estações Guaianases e Estudantes, a circulação de trens chegou a ficar paralisada e a CPTM acionou ônibus gratuitos para atender os passageiros no trecho. Os trens voltaram a circular normalmente entre as estações Luz e Estudantes por volta das 19h15.

A Linha 12-Safira operava parcialmente entre as estações Brás e Itaim Paulista no final da tarde desta terça-feira, com intervalo de 10 minutos. No trecho entre as estações Calmon Viana e Itaim Paulista, a CPTM acionou ônibus gratuitos para atender os passageiros. Os trens voltaram a circular normalmente entre as estações Brás e Calmon Viana por volta das 19h15.

A Linha 13-Jade chegou a ficar totalmente paralisada. A CPTM acionou ônibus gratuitos entre as estações Engenheiro Goulart e Aeroporto-Guarulhos. A circulação de trens foi normalizada no trecho por volta das 19h15.

A EMTU informou que reforçou as linhas intermunicipais que passam pelas estações das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade para atender os passageiros prejudicados pela greve dos ferroviários.

As demais linhas da CPTM (7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda e 10-Turquesa) operavam normalmente.

Metrô

As linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata, operadas pelo Metrô de São Paulo e 4-Amarela e 5-Lilás, operadas pelas concessionárias ViaQuatro e ViaMobilidade, respectivamente, operavam normalmente nesta terça-feira.

O Metrô informou que reforçou a operação da Linha 3-Vermelha com a injeção de mais trens e liberou a integração gratuita nas estações Corinthians-Itaquera e Tatuapé.

Mobilidade Sampa

Siga o Mobilidade Sampa no Twitter, Instagram e Facebook e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana.

Deixe seu comentário