Linha 15-Prata funcionará em horário diferenciado nos dias 21 e 22

1424
Linha 15-Prata Estação Jardim Planalto Monotrilho Linha 15-Prata
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

O Metrô prossegue neste fim de semana com os testes que vão preparar a futura estação Jardim Colonial para entrar em operação. Entre 4h40 e 14h do sábado, dia 21 de agosto e das 4h40 às 16h no domingo, dia 22 de agosto, todas as estações da Linha 15-Prata estarão fechadas para testes do sistema de sinalização e controle de trens.

Neste período, os passageiros serão atendidos gratuitamente pelos ônibus do sistema Paese, que vão percorrer o trecho entre Vila Prudente e São Mateus até a reabertura da linha.

As simulações são parte do protocolo de abertura de novos trechos e são necessárias para preparar o sistema de sinalização e controle de trens aos mais de 1,7 quilômetro novos que vão estender a Linha 15-Prata de São Mateus a Jardim Colonial. Esse trecho deve ser aberto aos passageiros ainda em 2021.

A estação Jardim Colonial já tem concluídas suas obras estruturais e os trabalhos atuais são para o acabamento e paisagismo, além da instalação dos sistemas, das portas de plataforma, dos quatro elevadores e das nove escadas rolantes. Ela vai atender a mais de 40 mil passageiros por dia em seus 4,5 mil m² de área construída com estrutura totalmente acessível.

Ônibus do sistema Paese

A SPTrans informou que o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) será acionado, a pedido do Metrô, no sábado, dia 21 de agosto, das 4h20 às 14h, e domingo, dia 22 de agosto, das 4h20 às 16h, entre as estações São Mateus e Vila Prudente da Linha 15-Prata.

Para garantir o deslocamento dos passageiros, a linha especial Estação São Mateus – Estação Vila Prudente irá operar com 24 articulados no sábado e 16 articulados no domingo, totalizando 40 veículos de 23 metros que estarão disponíveis conforme solicitado pelo Metrô.

Confira o itinerário da linha:

Ida: Estação São Mateus – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Estação Fazenda da Juta – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Estação Sapopemba – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Estação Jardim Planalto – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila União – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila Tolstói – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação São Lucas – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Oratório – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Complexo Viário Senador Antônio Emygdio de Barros Filho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila Prudente – Monotrilho.

Volta: Estação Vila Prudente – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Rua Ibitirama, R. Capitão Pacheco e Chaves, Avenida Paes de Barros, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Oratório – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação São Lucas – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila Tolstói – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vila União – Monotrilho, Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Avenida Sapopemba, Estação Jardim Planalto – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Estação Sapopemba – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Estação Fazenda da Juta – Monotrilho, Avenida Sapopemba, Estação São Mateus – Monotrilho.

Mobilidade Sampa

Siga o Mobilidade Sampa no TwitterInstagram e Facebook e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana.

Deixe seu comentário