Obras de requalificação da Estação Santo Amaro da Linha 5-Lilás chega a marco importante nos próximos dias

Estrutura irá ampliar a plataforma de embarque montada sobre o rio Pinheiros no lado Sul e se aproxima da reta final de montagem

242
Obras Santo Amaro
Foto: Divulgação/ViaMobilidade

Quem passar pela região da Estação Santo Amaro da Linha 5-Lilás já poderá observar que as estruturas metálicas da nova passarela sul, montada sobre o rio Pinheiros, estão a poucos metros de se encontrarem. Essa nova passarela irá se juntar à já existente, ampliando a largura da área de circulação dos passageiros na plataforma em sete metros ao longo de toda sua extensão.

O fechamento da estrutura suspensa é um marco da requalificação da estação, que segue rigorosamente dentro do cronograma previsto pela ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás, responsável pelas obras que irão proporcionar mais conforto e segurança para quem embarca e desembarca no local.

A estrutura metálica tem 201 metros de comprimento, pesa 420 toneladas e ficará suspensa sobre o rio a uma altura de 17,5 metros. No total, são 8 módulos montados sobre o rio, sendo quatro em cada margem, sustentados por pilares em formato de “V”. Uma passarela idêntica será construída do lado norte.

As obras de melhoria do espaço tiveram início em 25 de janeiro de 2020, como parte do contrato de concessão da Linha 5-Lilás e consistem na ampliação da área de transferência que liga a estação à Linha 9-Esmeralda da CPTM e na construção de plataformas auxiliares. No total, serão construídos 4.000 m² de novas áreas de circulação.

Ao final, a estação contará ainda com um novo conjunto de bilheterias e com a substituição dos bloqueios de integração por câmeras de contagem, compatíveis com os já existentes.

A conclusão do projeto está programada para o final de janeiro de 2022 e irá contribuir com a melhoria da mobilidade do transporte sobre trilhos pela cidade.

Foto: Divulgação/ViaMobilidade

Mais informações sobre as obras:

  • Aproximadamente 4.000 m² a mais de área construída entre plataformas, mezanino e passarela de integração;
  • 8 escadas rolantes novas;
  • 4 elevadores;
  • Na extremidade (lado CPTM) de cada plataforma ampliada serão instaladas 3 escadas rolantes, 1 escada fixa. Serão implantados 4 elevadores, 1 em cada extremidade de cada plataforma ampliada (2 no lado Guido Caloi e 2 no lado CPTM);
  • Serão instaladas 2 novas escadas rolantes na plataforma da CPTM;
  • Novas passarelas externas (ampliação plataforma) 7 metros de largura em cada um dos sentidos;
  • 1.100 toneladas de Estrutura Metálica;
  • 1.500 m³ de concreto;
  • 3.300 m³ em fundações profundas;
  • Todas as etapas das obras estão sendo executadas em meio a operação das duas linhas, sobre e as margens do rio Pinheiros ao lado de uma das avenidas mais movimentadas de São Paulo (Marginal Pinheiros).
  • Quantidade atual de colaboradores: 75
  • Prazo final contratual: Janeiro de 2022

O andamento das obras, em todas as fases do processo de requalificação, é atualizado periodicamente no perfil do Facebook e no site da ViaMobilidade.

Deixe seu comentário