Prefeitura de São Bernardo do Campo entrega novas alças de acesso na Estrada Galvão Bueno

1634
Estrada Galvão Bueno
Foto: Divulgação/Prefeitura de São Bernardo do Campo

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, entregou na segunda-feira, dia 12 de julho de 2021, duas alças de acesso na Estrada Galvão Bueno, que vão proporcionar mais segurança, conforto e fluidez aos cerca de 20 mil veículos que passam diariamente pelo trecho. Viabilizadas dentro do projeto de construção do Terminal Batistini, as duas alças possuem 50 metros de extensão cada e integram a nova configuração viário, que passou a contar com duas faixas de rolamento em cada sentido, no trecho correspondente à futura estação de ônibus.

“Os retornos irão facilitar a vida de todos que passam aqui. Este é um viário importante para a região do Batistini e Demarchi e serve de passagem para caminhões de indústrias que estão instaladas na área. Com essa nova infraestrutura, nossos motoristas terão mais rapidez e conforto ao transitar pela cidade”, destacou o prefeito.

Com os novos acessos, os motoristas que seguem em direção ao Centro deixarão de percorrer 3,5 quilômetros para fazer o retorno, enquanto no sentido Bairro a economia será de 1 quilômetro. A expectativa é que a mudança também reflita em melhorias no tráfego de veículos da Estrada Galvão Bueno e da Avenida Maria Servidei Demarchi. “Com a liberação desses retornos, muitos motoristas que antes seguiam no sentido Avenida Maria Servidei Demarchi para fazer o retorno na Rua dos Feltrins passarão a usar a nova alça, desafogando o trânsito nesta região”, explicou o secretário de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador.

TERMINAL BATISTINI

As novas alças irão ajudar ainda na configuração do viário que passará a contar em breve com o Terminal Batistini. O equipamento contará com duas plataformas para embarque e desembarque, com 80 metros cada, que juntas terão capacidade para atender simultaneamente cinco ônibus convencionais e três articulados.

O terminal terá edificações de apoio à operação, como bilheterias, sanitários públicos, guarita, prédio operacional e administrativo, bicicletário com capacidade para 60 bicicletas e elevador. O espaço conta também com área de estacionamento para ônibus e veículos.

Terminal Batistini
Foto: Divulgação/Prefeitura de São Bernardo do Campo

MOBILIDADE URBANA

O futuro Terminal Batistini faz parte de um amplo projeto de valorização do transporte coletivo de São Bernardo do Campo. O espaço será ponto de transferência para os passageiros que utilizam diariamente o Corredor da Estrada Galvão. Com 6,3 quilômetros de extensão, o corredor começa na rotatória do trecho sul do Rodoanel, se estendendo até o fim da Avenida Maria Servidei Demarchi.

Deixe seu comentário