Mogi das Cruzes: Nova ciclofaixa vai ligar Cezar de Souza à região do Socorro

217
Reunião Ciclistas Mogi
Projeto da nova ciclofaixa entre Cezar de Souza e o bairro do Socorro foi apresentado em reunião com representantes dos ciclistas de Mogi das Cruzes (Foto: Divulgação/Prefeitura de Mogi das Cruzes)

A Prefeitura de Mogi das Cruzes implantará uma nova ciclofaixa ligando a região do Socorro ao distrito de Cezar de Souza, passando pelas avenidas Vereador Narciso Yague Guimarães e João XXIII. O projeto final foi apresentado durante reunião ocorrida no dia 29 de junho de 2021, com a participação do prefeito Caio Cunha e representantes dos ciclistas do município.

“Esta região recebe uma circulação grande de ciclistas, tanto de pessoas que utilizam a bicicleta para ir e voltar do trabalho quanto para os que a usam para esporte ou lazer, principalmente aos finais de semana. Com a nova ciclovia, eles terão melhores condições de circulação, além de mais segurança”, afirmou o prefeito.

Ele lembrou que a participação dos representantes dos ciclistas é importante. “A discussão de propostas e a abertura de espaço para as ideias da população é fundamental para construir soluções que atendam os interesses dos mogianos e sejam adequadas às demandas”, completou.

A reunião também teve a participação da vice-prefeita Priscila Yamagami, das secretárias municipais de Transportes, Cristiane Ayres, e de Serviços Urbanos, Camila Souza, do secretário municipal de Governo, Francisco Cochi Camargo, e dos vereadores Mauro de Assis Margarido, Edson Alexandre Pereira e Iduígues Ferreira Martins.

A nova ciclofaixa iniciara nas proximidades da Praça Paulo Vaz Romero, no Socorro. Ela percorrerá a Avenida Vereador Narciso Yague Guimarães pela pista sentido Centro. Após o encontro com a Avenida Santa Rita, a ciclovia seguirá pelas duas pistas da Avenida João XXIII, até o cruzamento com a Avenida Júlio Perotti.

Ciclofaixa Mogi
Nova ciclofaixa ligará o bairro do Socorro ao distrito de Cezar de Souza, passando pelas avenidas Vereador Narciso Yague Guimarães e João XXIII

A partir dali, a circulação dos ciclistas será feita pela pista sentido Bairro. Para isso, a sinalização de trânsito implantada no trecho recentemente recapeado da Avenida João XXIII já foi adaptada para receber a ciclofaixa, que ficará próxima ao canteiro central.

Após a ponte sobre o rio Tietê, os ciclistas transitarão por uma ciclovia compartilhada na calçada da pista sentido Centro da avenida. A medida foi definida devido às características da calçada e a largura da via naquele ponto, que é menor que os outros trechos. A nova ciclofaixa terminará no encontro da Avenida João XXIII com as avenidas Dante Jordão Stoppa e Presidente Castello Branco.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes já iniciou a implantação de rampas de acessibilidade nas proximidades da ponte sobre o rio Tietê. Elas serão utilizadas para que os ciclistas tenham acesso entre a avenida e o espaço que será compartilhado. Além disso, será feita a pintura dos trechos por onde as bicicletas transitarão. Para garantir a segurança dos ciclistas, serão implantados tachões para separar a ciclofaixa do local de tráfego dos veículos automotores.

A previsão é que todos os serviços sejam finalizados até o mês de outubro, quando a nova rota de ciclofaixa deverá estar concluída. A nova ciclofaixa também se interliga com outras estruturas para ciclistas, como as ciclofaixas da avenida Engenheiro Miguel Gemma e Júlio Perotti.

Mogi das Cruzes conta com 32,38 quilômetros de vias cicláveis, o que inclui ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas existentes em diversas regiões da cidade, como os distritos de Jundiapeba, Braz e Cezar de Souza, a Vila Industrial e a região central. O índice é o maior de toda a região do Alto Tietê.

Existe ainda a previsão para a implantação de mais 30 quilômetros de ciclovias, dentro dos projetos de desenvolvimento da região leste da cidade. A Secretaria Municipal de Transportes mantém um contato permanente com os grupos representativos dos ciclistas do município para discutir melhorias que possam ser adotadas na malha viária de Mogi das Cruzes.

Deixe seu comentário