SKR investe em bicicletários em empreendimentos para promover saúde e mobilidade dos moradores

33
Bicicleta Apoiada

Foto de Emanuele Intagliata no Pexels

Com um número cada vez maior de pessoas que estão deixando o carro em casa ou deixando de lado o transporte público, a bicicleta virou a queridinha de muita gente para se deslocar pela cidade, seja ao trabalho, à faculdade ou para praticar exercícios físicos. Pensando nesse novo comportamento, empresas passaram a oferecer o serviço de locação de bicicletas, assim como alguns condomínios residenciais também estão investindo nessa modalidade de transporte.

Além de ficar longe do trânsito caótico da capital paulista, as pessoas estão em busca por mais qualidade de vida e saúde. De acordo com um estudo feito pelo British Journal, sair para trabalhar de bicicleta reduz o risco de morte por problemas de saúde em 41% em relação ao deslocamento feito por meio de carro ou transporte público.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, a cidade de São Paulo conta com uma rede cicloviária com mais de 640 quilômetros que incluem ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. E, ano passado foram acrescentados mais 14,55 quilômetros de ciclovias e 124,45 quilômetros de ciclofaixas, totalizando 139 quilômetros de novas estruturas.

SKR – Bicicletas disponíveis nos empreendimentos

Atenta ao estilo de vida de seus moradores, e com o objetivo de incentivar o meio de transporte a incorporadora SKR aderiu a esse movimento e passou a incluir bicicletários em seus projetos. As bicicletas comunitárias, podem ser utilizadas por todos os moradores. Os primeiros empreendimentos entregues com as bikes compartilhadas foram o NOMAD (2018) e o MOOU (2020). Desde então, os lançamentos seguintes: Artisan Moema, Panorama, Momento, Float, Demóstenes e Loefgreen, também terão o serviço.

Segundo João Leonardo Castro, diretor de Desenvolvimento e Gestão de Produtos da SKR, a presença do bicicletário e das bicicletas compartilhadas nos condomínios da empresa facilita a vida dos moradores que pretendem adotar a bicicleta como meio de transporte. “Muita gente hoje em dia entende os benefícios de usar a bicicleta, seja para a saúde, mobilidade ou até mesmo para contribuir com o meio ambiente. E nós queremos facilitar essa possibilidade aos nossos moradores”.

Nos condomínios da SKR, o uso das bicicletas pode ser feita sem precisar sair de casa, por meio do aplicativo Compass, um hub de serviços disponível para os moradores que permite alugar um carro, fazer a compra de produtos no Grab and Go, agendar a limpeza do imóvel ou algum serviço de manutenção.

Para a incorporadora, a intenção é ter as bicicletas compartilhadas como um item obrigatório em todos os projetos imobiliários da SKR, independente do público, ou seja, se os prédios são voltados às famílias ou para um público mais jovem.

“O serviço de empréstimos de bicicletas tem sido bastante utilizado e acionado pelo Compass. Os moradores já entenderam que esse item faz parte da composição de uma nova experiência de morar”, conclui João.

Sobre a SKR Arquitetura Viva

Há 35 anos no mercado, a SKR pensa no futuro e constrói a paisagem de São Paulo, com 59 empreendimentos, mais de 3 mil unidades entregues, de 560 mil m² construídos com projetos de arquitetura impecável que posicionam a SKR como uma incorporadora e construtora inovadora, que alia design e tecnologia para oferecer qualidade de vida.

Deixe seu comentário