Uber começa expansão de checagem de documentos de usuários no Brasil

Ferramenta, que já estava sendo testada em algumas cidades, aprimora a checagem de quem solicita viagens sem meio de pagamento digital

179
Prevenção da Uber
Imagem de Jackson David por Pixabay

A Uber começou a expansão de um novo recurso de segurança que faz a checagem de documentos de usuários que realizam viagens somente em dinheiro por todo o Brasil.

As pessoas que solicitarem sua primeira viagem em dinheiro, sem fornecer dados do meio de pagamento digital (cartão de crédito ou débito), terão de tirar uma foto do documento de identidade (Documento de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação), além de passar pela verificação já existente de CPF.

O recurso já havia sido anunciado em primeira mão durante o Uber Destino 2020 como teste nas cidades de Juiz de Fora, Petrolina e Feira de Santana e passa a ser expandido inicialmente para uma parte de novos usuários em todo país. A tecnologia também é utilizada pela Uber em países como Chile, México, Argentina, Costa Rica, Colômbia e República Dominicana.

A nova ferramenta de checagem de documentos, voltada a aprimorar a identificação de quem viaja utilizando o aplicativo da Uber, se soma a outros recursos de verificação já existentes do lado dos motoristas parceiros, como checagem de antecedentes criminais e validação de documentos diretamente na base do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), e de usuários, como uma parceria com a Serasa Experian para validação de CPF de que paga em dinheiro, tornando a plataforma cada vez mais segura para todos.

Para Marcello Azambuja, diretor do Tech Center da Uber no Brasil, o recurso é mais um importante passo para aprimorar a segurança da plataforma. “A Uber entende que a tecnologia pode aumentar a segurança de todos que usam o nosso aplicativo e essa expansão é mais uma prova dos nossos avanços na área. Essa ferramenta complementa a verificação de CPF dos usuários que já realizamos há anos e que fica ainda mais completa com a checagem de Carteira Nacional de Habilitação e RG. Com isso, poderemos dar mais tranquilidade para quem realiza viagens utilizando o nosso app”, afirma o diretor.

A Uber também possui diversos recursos de segurança antes, durante e depois de todas as viagens. Confira algumas dessas ferramentas de verificação de identidade:

Checagem de Antecedentes Criminais

Antes de começar a dirigir, todos os motoristas parceiros passam por uma checagem de antecedentes criminais realizada por uma empresa especializada. Essa checagem é refeita periodicamente com todos os motoristas ativos.

Verificação com o Departamento Nacional de Trânsito

A Uber possui um contrato com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa de Tecnologia da Informação (TI) do Governo Federal, para confirmar as informações cadastrais dos motoristas e entregadores parceiros e de seus veículos, em tempo real, a partir das informações da Carteira Nacional de Habilitação e do documento do veículo com a autorização do Departamento Nacional de Trânsito.

Selfie do motorista

De forma aleatória, o aplicativo da Uber pede para que os motoristas parceiros tirem uma selfie, antes de aceitar uma viagem ou de entrar on-line. Isso ajuda a verificar a identidade de quem está atrás do volante. Além disso, no futuro, a ferramenta também exigirá que o motorista execute determinados movimentos para diminuir chances de fraude.

Código de verificação de viagens

A ferramenta exclusiva da Uber de checagem via código ou PIN consiste de uma senha que é mostrada no aplicativo do usuário e precisa ser fornecida por ele ao motorista para que este último possa iniciar a viagem no aplicativo – confirmando assim que tanto um quanto o outro estão na viagem correta.

A Uber também está trabalhando para que essa verificação será feita de forma automática no futuro, por meio de uma tecnologia usando ultrassom.

Deixe seu comentário