Metrô e CPTM apoiam empreendedorismo junto com Sebrae

Campanha em trens e estações abre caminho para abrir negócio próprio

113
Empreendedorismo Sebrae
Foto de Brooke Cagle por Unsplash

O Metrô e a CPTM, empresas ligadas à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, se unem ao Sebrae São Paulo para levar aos passageiros novos caminhos em direção ao empreendedorismo.

A partir desta segunda-feira, dia 12 de abril de 2021, até 10 de maio, quem circula pelo sistema metroferroviário poderá acompanhar nos monitores das estações, informações sobre oportunidades gratuitas de qualificação empreendedora do Empreenda Rápido, programa desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, em parceria com o próprio Sebrae.

“Neste momento em que a necessidade tem feito surgir tantos empreendedores, mais do que nunca conhecimento é essencial para que os negócios prosperem. Queremos que nossos passageiros tenham acesso a essa oportunidade”, diz o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

Oportunidades

A divulgação será feita por meio de vídeos nos monitores de TV das estações e cartazes afixados nas estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha do Metrô e 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda, 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira e 13-Jade da CPTM. Além disso, as redes sociais oficiais das duas empresas vão compartilhar essa oportunidade.

Empreenda Rápido

Ao todo são 400 mil vagas de cursos técnicos e de gestão durante todo o ano de 2021, tanto para pessoas que querem começar a empreender, quanto para quem já possui uma empresa e precisa melhorar sua produtividade e competitividade no mercado. As aulas são ministradas pelo Sebrae São Paulo, Senac, Senai, Centro Paula Souza e Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

Além das qualificações, o Empreenda Rápido auxilia os empreendedores no acesso a novos mercados e na busca por crédito orientado. Para 2021 estão sendo disponibilizados mais de R﹩ 150 milhões em microcrédito aos concluintes dos cursos via Banco do Povo.

Neste momento, em virtude da fase vermelha do Plano São Paulo de combate à pandemia em todo o Estado de São Paulo, as aulas estão sendo realizadas de forma 100% online, ao vivo. Há ainda opções ensino à distância e também por WhatsApp. Conforme o Plano São Paulo for avançando para fases menos restritivas haverá opções híbridas e presenciais.

QR Code

Para se inscrever, o passageiro deve apontar a câmera do celular para o QR Code dos vídeos e cartazes disponibilizados no sistema metroferroviário neste período de 12 de abril a 10 de maio e preencher os dados.

Para o diretor-superintendente do Sebrae São Paulo, Wilson Poit, o programa auxilia empreendedores em temas fundamentais para o sucesso e longevidade dos negócios.

“Abrir uma empresa é um grande passo na vida do empreendedor. Mas o maior desafio é mantê-la viva e competitiva no mercado. A taxa de mortalidade dos pequenos negócios no Estado é, em média, de 39% entre o ano 2000 e 2019, mas notamos que essa taxa cai para 19% entre as empresas atendidas pelo Sebrae São Paulo, capacitadas em gestão e com mais oportunidades de acesso a novos mercados e crédito orientado, pilares do Empreenda Rápido”, comenta.

Deixe seu comentário