Uber anuncia medidas para apoiar vacinação no Brasil

Iniciativas em parceria com governos e Organização não Governamental (ONG) visam a promover informações sobre a vacinação e o deslocamento até postos de atendimento

71
Uber
Foto de Gabe Pierce por Unsplash

A Uber está atuando em três frentes para promover a vacinação no Brasil:

  • Doação de códigos promocionais para pessoas nos grupos prioritários poderem se deslocar aos locais de vacinação;
  • Apoio às autoridades de saúde para promover informações corretas e úteis sobre as vacinas e os programas de vacinação;
  • Parceria com o terceiro setor para custear o deslocamento de quem mais precisa até os centros de vacinação.

Para materializar esse apoio, a Uber já fechou acordos para doar viagens à Prefeitura de Belo Horizonte e ao Governo do Estado de Pernambuco e segue em conversas com outras capitais, como Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador, entre outras, a fim de apoiar a vacinação de profissionais de saúde e outros grupos prioritários contra a Covid-19.

A empresa vai fornecer códigos promocionais para apoiar o deslocamento dos grupos prioritários, de acordo com o cronograma estabelecido por cada governo. Cada código promocional dará viagens gratuitas de ida e volta aos locais de vacinação, no valor máximo de R$ 30,00. O código precisa ser adicionado no aplicativo da Uber antes das viagens (instruções no final do texto).

“Queremos garantir que a mobilidade não seja mais um obstáculo para quem quer se vacinar”, diz a diretora-geral da Uber no Brasil, Claudia Woods. “Por isso, além de apoiar os governos, estamos também apoiando a Central Única das Favelas (Cufa) para permitir que as pessoas mais vulneráveis tenham uma opção de mobilidade para chegar aos locais de vacinação. Neste momento, nossa parceria com eles é para identificar idosos que estejam nos grupos prioritários para que possamos oferecer as viagens”.

Para Celso Athayde, fundador e coordenador geral da Central Única das Favelas, “as favelas são um espaço que foi negligenciado, onde as pessoas estão por ali por falta de alternativa, e onde tudo já é mais difícil mesmo em tempos normais – que dirá em uma época desafiadora como a que vivemos. Por isso, são fundamentais iniciativas como essa da Uber, que buscam facilitar o acesso à vacina do morador da favela que está nos grupos de risco”.

A Uber também apoiará o Conselho Nacional de Secretários de Saúde para promover informação de qualidade sobre as vacinas e os programas de vacinação para toda a comunidade de mais de 22 milhões de usuários e 1 milhão de parceiros do aplicativo. Todos receberão, por meio do aplicativo da Uber, pílulas de informação e dicas produzidas pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde sobre as vacinas.

“Esta é uma iniciativa socialmente relevante porque teremos a oportunidade de colocar em poucas palavras informações precisas sobre a segurança e eficácia das vacinas, bem como a importância da vacinação para interromper o contágio da Covid-19”, avaliou o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula.

Ele afirmou ainda que, as mensagens produzidas pelo Conselho estarão alinhadas à orientação e informação do Programa Nacional de Imunização. “O Programa Nacional de Imunização é um patrimônio do povo brasileiro e um dos mais sólidos e sérios do mundo, sendo assim. entendemos que a nossa população deve ser contemplada com informações seguras e técnicas, tanto quanto o combate às fake news”, concluiu.

Esse pacote de medidas faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens gratuitas ou com descontos para ajudar a assegurar que a mobilidade não seja uma barreira para se tomar a vacina.

Veja como ativar o código de desconto:

  • Abra o aplicativo e selecione o menu (três linhas verticais no canto superior esquerdo);
  • Entrar no item “Wallet” e rolar até a parte de baixo;
  • Em “Promoções”, selecionar a opção “Adicionar código promocional” (Não vai funcionar como “voucher”);
  • Digite o código fornecido.

Deixe seu comentário