Janeiro registra forte redução de fluxo nos shoppings e estradas brasileiras

Após fim de ano com tímida recuperação de movimento, dados do Sem Parar destacam retomada de enfraquecimento em serviços e rodovias

41
Foto: Divulgação/AB Triângulo do Sol

Balanço do Sem Parar, empresa do Grupo Fleetcor e líder no mercado de pagamentos automáticos no Brasil, mostra que, em janeiro, a circulação de veículos nos shoppings foi de 34% menor, no comparativo com dezembro.

Isso, em razão do tímido aquecimento causado com as festas de fim de ano. Já as rodovias brasileiras, ainda enfraquecidas, registram queda de 8,98% em relação ao último mês de 2020, fato atípico tendo em vista que nos últimos anos o mês de janeiro costumava apresentar crescimento da movimentação quando comparado com os respectivos meses de dezembro.

“O fluxo nas rodovias durante os feriados de Natal e Ano Novo foram 23% maior que o mesmo período de 2019. Isto é, mesmo diante de uma pandemia global, as pessoas não deixaram de viajar. A brusca queda em janeiro pode ter razões tanto econômicas, quanto de saúde pública, como consequência desse final de ano movimentado”, destaca Carla Barreiros, Diretora de Operações de Credenciados do Sem Parar.

Comparação estadual

Destoando dos demais estados, o Espírito Santo foi o que registrou a maior atividade em suas estradas com aumento de 20% na circulação de veículos leves, como carros e motos.

Ainda de acordo com as informações do Sem Parar, Santa Catarina e Rio de Janeiro também registraram crescimento na circulação geral de suas rodovias, com aumentos de 3% e 2%, respectivamente.

Atualmente o Sem Parar conta com mais de 5,7 milhões de clientes ativos em sua base, tanto no segmento B2C quanto em B2B e está presente em toda a malha pedagiada do Brasil, além de oferecer a opção de pagamento automático e mais seguro em estabelecimentos como estacionamentos, postos de combustível, drive-thrus e lava-rápidos.

Deixe seu comentário