Metrô lança licitação para ampliar Linha 15-Prata até Jacu-Pêssego

Projeto amplia a linha para 18 quilômetros e 13 estações, melhorando a mobilidade na Zona Leste

159
Jardim Colonial Obras
Foto: Reprodução/Metrô

O Metrô de São Paulo lançou neste sábado, dia 19 de dezembro de 2020, a licitação para ampliar a Linha 15-Prata até Jacu-Pêssego com mais duas estações e cerca de 3,5 quilômetros de vias.

Esse projeto vai fazer o monotrilho chegar a 18 quilômetros de extensão e 13 estações, melhorando a mobilidade dos moradores da Zona Leste, que conseguirão reduzir em mais de 50% o tempo de deslocamento até o Centro.

A concorrência lançada envolve a contratação da elaboração dos projetos executivos e a construção das estações Boa Esperança e Jacu-Pêssego, além do Pátio Ragueb Chohfi para o estacionamento e manutenção de trens.

O Metrô já realiza outras obras na Linha 15-Prata, como a construção da estação Jardim Colonial, que deve ficar pronta em 2021 e vai acrescentar 1,8 quilômetro à linha.

Também são feitas as obras da Subestação Primária Iguatemi, que aumentará o fornecimento de energia elétrica e atenderá a ampliação do monotrilho, além da extensão Oeste, ao lado da estação Vila Prudente, que vai agilizar a manobra dos trens, possibilitando a redução dos intervalos de circulação.

O edital da ampliação até Jacu-Pêssego já está disponível e as propostas devem ser recebidas em março de 2021. Atualmente a Linha 15-Prata funciona de Vila Prudente a São Mateus com 12,8 quilômetros de extensão e 10 estações.

Deixe seu comentário