Prefeitura de São Paulo proíbe novos atendimentos da EMTU

52
068 EMTU
Foto: Viação Pirajuçara

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, impediu a criação de atendimentos de linhas da EMTU, alegando que os serviços, que partiriam de cidades da Região Metropolitana de São Paulo, fariam concorrência com o sistema municipal da capital paulista, gerenciado pela SPTrans.

Também foram negadas alterações de itinerários e frota, alegando que as solicitações da EMTU e dos consórcios metropolitanos impactariam “diretamente em concorrência e sobreposição com as linhas do sistema municipal”.

Os atendimentos metropolitanos que foram negados ligariam a cidade de Santana de Parnaíba (Centro Empresarial Tamboré) à estação Paraíso da Linha 1-Azul Metrô, na capital paulista; e a cidade de Santana de Parnaíba (Residencial Valville) à região da Lapa, na Zona Oeste de São Paulo.

Os resultados das análises foram publicados pelo gabinete da secretária de Mobilidade e Transportes da capital paulista, Elisabete França, na edição deste sábado, 1º de agosto de 2020, do Diário Oficial da Cidade de São Paulo.

  • Criação do atendimento metropolitano 378BI1 Santana de Parnaíba (Centro Empresarial Tamboré) – São Paulo (Metrô Paraíso): À vista da análise técnica deste Departamento de Transportes Públicos, considerando que a criação da linha solicitada impactaria diretamente em concorrência e sobreposição com as linhas do sistema municipal, INDEFIRO o pedido.
  • Criação do atendimento metropolitano 565BI1 Santana de Parnaíba (Residencial Valville) – São Paulo (Lapa) via Santana de Parnaíba (Parque Sinai e Jardim Jaguari), operada pelo Consórcio Anhanguera. À vista da análise técnica deste Departamento de Transportes Públicos, considerando que há extensão dentro do município de São Paulo e o percurso proposto já é atendido pela linha tronco, INDEFIRO o pedido.
  • Alteração nas características operacionais da linha intermunicipal 308TRO Cotia (Atalaia) – São Paulo (Terminal Rodoviário Barra Funda), operada pelo Consórcio Intervias. À vista da análise técnica deste Departamento de Transportes Públicos, considerando que a alteração de tecnologia solicitada impactaria diretamente em concorrência e sobreposição com as linhas do sistema municipal, INDEFIRO o pedido.
  • Alteração no itinerário da Linha Intermunicipal 068TRO Taboão da Serra (Parque Laguna) – São Paulo (Pinheiros), operada pelo Consórcio Intervias: À vista da análise técnica deste Departamento de Transportes Públicos, considerando que a solicitação aumentaria a circulação no município de São Paulo em 1.200 metros e haveria concorrência direta com a linha municipal 6250-10 Jardim Jaqueline – Terminal Bandeira, INDEFIRO o pedido.

Deixe seu comentário