SPTrans tapa mais de 1.800 buracos em corredores exclusivos e faixas de ônibus

Reparos foram feitos em 45 vias da cidade e têm previsão para se estender às avenidas Francisco Morato e Aricanduva, entre outras

75
Faixas de ônibus Faixa de ônibus da Radial Leste
Obras de tapa buraco na faixa de ônibus da Radial Leste (Foto: Divulgação/SPTrans)

Em pouco mais de 40 dias de trabalho, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e da SPTrans, já tapou mais de 1.800 buracos em corredores exclusivos e faixas de ônibus da capital paulista.

Já receberam reparos no pavimento 45 vias como a Radial Leste e as avenidas Celso Garcia, Belmira Marin, Interlagos, Engenheiro Armando de Arruda Pereira, Brigadeiro Luís Antônio, Santo Amaro, Washington Luís, 23 de Maio e Senador Teotônio Vilela.

Os serviços tiveram início no dia 3 de março, após a assinatura do contrato com o consórcio vencedor da licitação. Desde então, 55 trabalhadores atuam em cinco frentes de trabalho em vias diferentes entre 21h e 4h, horário com menos impacto à circulação do transporte público. Tudo para garantir a manutenção dos 129 quilômetros de corredores e de mais de 500 quilômetros de faixas de ônibus em toda a cidade.

Faixa Interlagos
Funcionários durante os trabalhos na Avenida Interlagos (Foto: Divulgação/SPTrans)

Os próximos reparos estão previstos para as avenidas Professor Francisco Morato, Aricanduva e Brigadeiro Faria Lima, além da Estrada do Campo Limpo. As vias com maior circulação de ônibus e com mais buracos recebem prioridade no cronograma de trabalhos, contudo a SPTrans permanece com as vistorias para identificar a necessidade de reparo em outros locais.

O munícipe também pode apontar os locais em que é necessário reparo pela central de atendimento telefônico 156 ou pelo site SP156.

O investimento para manter o pavimento em condições que permitam melhor fluidez dos ônibus e conforto aos passageiros é de R$ 52 milhões por um período de 12 meses, com possibilidade de aditamento.

Troca do pavimento de 100 paradas de ônibus

Além das obras de tapa buraco, está em andamento a licitação para a contratação de empresa que fará a troca do pavimento de 100 paradas de ônibus em vias onde não há corredores exclusivos.

Com a execução do serviço, os locais onde há pontos de ônibus de grande movimentação terão o pavimento de asfalto trocado por concreto, ideal para trechos de tráfego intenso e repetitivo de veículos mais pesados, como os coletivos. O edital está disponível no site da SPTrans.

Deixe seu comentário